Governo de Rondônia
Terça, 18 de maio de 2021

SERVIÇO

LBV quer parceria com governo de Rondônia para atuar com educação e ação social

25 de março de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Waldemar Albuquerque e Mauro

Waldemar Albuquerque e Mauro Rodrigues (D)

A Legião da Boa Vontade (LBV) pretende iniciar no segundo semestre deste ano, em Porto Velho, atendimento na área social e educacional, como já ocorre em 79 cidades brasileiras. O superintendente de Relações Institucionais Paulo Medeiros e o gerente regional para a região Centro-Norte, Mauro Rodrigues, anunciaram, nesta quarta-feira (25), que foram iniciados entendimentos com o governo do estado para uma parceria que permitirá à entidade atuação plena na capital.

A LBV propõe atendimento complementar na área educacional ,e, também assistência social a crianças e idosos sob risco social e pessoal. A entidade oferece a manutenção, equipamentos e mão de obra para estes serviços. A contrapartida do governo do estado é um imóvel capaz de suportar a demanda.

Durante dois dias, Paulo Medeiros e Mauro Rodrigues, acompanhados de assessores governamentais, visitaram escolas da capital para definir as que podem acolher os serviços da LBV. “Ficamos entusiasmado com o interesse do governo do estado em nos apoiar. Atestamos isto nos encontros que tivemos com os secretários da Educação e da Ação Social”, explicou Medeiros.

Foram encontros importantes que, segundo Medeiros, serviram para delinear como será o acordo que o governo de Rondônia e a LBV firmarão para alavancar o retorno dos serviços da entidade a Porto Velho. Ele afirmou que a população que será atendida terá atendimento especializado.

ZONA LESTE

Uma escola da Zona Leste foi apontada como a mais viável para receber os serviços da LBV. Está localizada numa área populosa e carente de outros atendimentos para os alunos e seus familiares.

Mauro Rodrigues define os serviços da LBV como prioritários de contraturno: após as aulas normais, os alunos são atendidos com alimentação, apoio pedagógico, oficinais de musicalização, esportes, idiomas e informática, além de material para estas atividades. O fundamental, disse, é que o estudante não tenha a impressão que continua em aula para evitar evasão.

A LBV também atende idosos com vários serviços e envolve a família dos estudantes em atividades diversas. “O que oferecemos interessa ao governo do estado, que também atua para ampliar na rede de escolas as atividades extra-aula”, afirmou Rodrigues.

Os contatos da LBV com o governo do estado foram encerrados numa reunião com os assessores diretos do governador, Waldemar Albuquerque e Basílio Leandro, que transmitiram o interesse de Confúcio Moura em contar com os trabalhos da entidade em Rondônia.

A LBV foi criada há 65 anos e sobrevive com doações obtidas através de um serviço de telemarketing. Está presente em quase todos os países da América Latina, em Portugal e Estados Unidos, onde realizou mais de 11 milhões de atendimentos a mais de 230 mil pessoas em 2014.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Convênios, Educação, Governo, Inclusão Social, Rondônia


Compartilhe