Governo de Rondônia
Segunda, 14 de junho de 2021

DIA DAS MÃES

Mães são homenageadas e compartilham histórias sobre a maternidade

12 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

“Como mensurar ou medir o amor de uma Mãe?”, foi a frase usada pelo diretor do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), Ezequiel Neiva, no inicio do seu discurso, nesta sexta-feira (12) no café da manhã organizado pela diretoria do DER em homenagem ao Dia das Mães, que será celebrado no próximo domingo (14).

A relação de amizade entre Aleonilda Galindo e a filha Aynoa Galindo

A relação de amizade entre Aleonilda Galindo e a filha Aynoa Galindo

“Queremos de alguma forma, proporcionar um momento de comemoração e homenagem as servidoras do DER que além de profissionais competentes exercem o mais sagrado papel de uma mulher , o ser mãe”, frisou Neiva.

Aleonilda Galindo é uma das servidoras que há dez está trabalhando no DER, como secretária executiva da Coordenação de Infraestrutura. Ela tem uma filha de 18 anos e conta sobre a relação de amizade que existe entre elas. “Fiquei sabendo da minha gravidez aos 21 anos, na Copa do Mundo de 1998, e como eu era muito jovem, saía pra me divertir e ia para as festas durante a gravidez. Tive uma gravidez tranquila, apesar de a minha filha nascer quando eu estava no sétimo mês de gestação. Ali eu descobri o sentido do verdadeiro amor” conta Aleonilda, que fala ainda sobre a relação de amizade que desenvolveu com a filha, Aynoa Galindo. “Hoje temos uma relação mais de amizade que de mãe e filha, há muito respeito, mas há companheirismo e muita parceria. Vamos às festas e nos divertimos muito juntas, tenho orgulho dessa relação tão próxima que temos”, declara.

Outra servidora que conta sobre as bênçãos da maternidade é Raimunda P. da Silva, funcionária do DER a 33 anos, ela está com 68 anos e fala sobre ser mãe de oito filhos. “três dos meus filhos nasceram no Maranhão, estado em que fui criada, e os outros cinco nasceram aqui em Rondônia, terra onde escolhi viver a criar meus filhos. Há 30 anos, era mais fácil criar os filhos, não existia tanta violência e tínhamos uma vida mais tranquila. Com oito filhos a casa estava sempre movimentada. Com o passar dos anos os filhos crescem e vão constituindo suas próprias famílias e vemos aos poucos a casa se esvaziando. Quando a minha filha caçula saiu de casa estranhei um pouco não tê-los mais sob o mesmo teto, mas, sou muito agradecida por mesmo com os meus filhos morando em outras casas os tenho sempre por perto”, declarou Raimunda.

Márcia Almeida foi presenteada com um perfume.

Márcia Almeida foi presenteada com um perfume.

Márcia Almeida tem 52 anos e está trabalhando a oito no DER. Ela tem duas filhas mulheres  uma com 20 anos e outra com 22 anos, ambas estudantes e  ainda morando com Márcia. “Na minha segunda gravidez eu quis ter um filho, e novamente veio uma menina. Com filha mulher ficamos mais atentas ainda, o cuidado é maior com relação a sair e andar sozinha pelas ruas. Sabemos que as mulheres são mais vitimas de violência que os homens e isso de certa forma preocupa. Mas sou abençoada por ter filhas tão responsáveis, frisa Márcia que durante a homenagem às mães foi presenteada, pela diretoria do DER, com um perfume.

O Café da manhã contou com a presença do diretor adjunto do DER, Luiz Carlos Katatau, da esposa do diretor Ezequiel Neiva, Simone Neiva, além dos coordenadores e demais servidores do Departamento.

“O DER quis prestar uma singela homenagem às Mães que são seres tão sagradas e extensão do criador, uma vez que são responsáveis por gerar a vida”, finalizou Neiva.

Leia mais:

Licença: mães servidoras públicas têm 180 dias de dedicação exclusiva ao bebê


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Nilson Nascimento e arquivo pessoal dos servidores
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Servidores


Compartilhe