Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

MAIS MÉDICOS

Mais de 300 médicos recebem orientações sobre diagnóstico e tratamento na atenção básica de Saúde

21 de julho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

A Gerência de Programas Estratégicos de Saúde (GPES) da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) finalizou nesta semana o relatório sobre a segunda etapa deste ano da avaliação de todos os médicos que atuam em Rondônia apelo programa Mais Médicos, em parceria com o governo federal.

A avaliação técnica é feita pelo Núcleo de Atenção Básica, programa Mais Médicos e Provab, ligado ao GPES. No total, 305 médicos entre cooperados e brasileiros trabalham no estado. De acordo com a Sesau, Porto Velho é a cidade com maior número de profissionais, 33.

As temáticas apresentadas aos médios fazem parte do Programa de Educação Permanente implantado pelo Governo de Rondônia. Os trabalhos têm a supervisão da Universidade Federal de Rondônia (Unir), com a coordenação da doutora Ana Lúcia Escobar.

De acordo com Hokneide dos Santos França, Técnica do Núcleo de Atenção Básica, Programa Mais Médicos e Provab, ligados aos GPES da Sesau, as reuniões para avaliação ocorrem a cada três meses e têm como foco as regionais de saúde. Nesta etapa, participaram profissionais das cidades de Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste, Guajará-Mirim, Porto Velho e Nova Mamoré.

Eles receberam informações sobre diagnóstico e tratamento de feridas na atenção básica, em palestra ministrada pelos médicos Rodolfo Korte e Flávia Lenzi. Todos os 52 municípios de Rondônia tiveram acesso às informações pela videoconferência feita pelo sistema virtual do Ministério da Saúde, o telessaúde, uma plataforma de trabalho que conecta todos as unidades de saúde pela internet.

O secretário estadual de Saúde, Luiz Eduardo Maiorquim, fez abertura da reunião ressaltando a importância deste tipo de educação através da ferramenta do telessaúde.

Secretário Luiz Maiorquim destacou a importância da atenção básica

Secretário Luiz Maiorquim destacou a importância da atenção básica

De acordo com o secretário, as teleconferências têm como objetivo dotar os médicos do programa Mais Médicos – principalmente os cooperados – de informações sobre vários tipos de procedimentos comuns na atenção básica de saúde e, ao mesmo tempo, fortalecer a oferta de atendimentos nas cidades do interior.

Ele lembrou que a atenção básica é a porta de entrada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e precisa ter sempre sua resolutividade ampliada para evitar o congestionamento de unidades de média e alta complexidade, como acontecia antes da implantação da descentralização do atendimento feito pelo governo de Rondônia.

De acordo com Hokneide dos Santos França, da GPES, a próxima etapa de avaliação acontecerá dia 7 de outubro, na Unir Centro, em Porto Velho. As palestras, que ainda terão os temas escolhidos, serão transmitidas para todos os municípios de Rondônia, através da plataforma do telessaúde.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Evento, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Rondônia, Saúde


Compartilhe