Governo de Rondônia
Segunda, 25 de junho de 2018

OPORTUNIDADE

Mais de 350 reeducandos são capacitados nas áreas da indústria e construção civil em Rondônia

08 de junho de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

O reeducando Edgar Matias (na foto com capacete) revela que o curso é sua realização pessoal.

O momento do primeiro contato com uma máquina pesada, de terraplenagem, era esperado pelos reeducandos que participam do curso de operação de motoniveladora. Eles tiveram 50 dias de aulas teóricas na Fazenda Futuro, localizada nas proximidades do complexo penitenciário de Porto Velho,  e agora seguem com os dez dias de aulas práticas que  acontecem numa área do Bairro Aeroclube, zona Sul da Capital.

Edgar Matias, de 49 anos, é um dos alunos do curso. Ele comemora a oportunidade e revela estar confiante que a nova profissão vai dar um novo rumo à vida dele. “Estou muito feliz por fazer esse curso. Uma chance muito boa que estou tendo. Sempre tive vontade de trabalhar com máquina pesada, agora estou conseguindo”, declarou.

Matias é um dos 360 reeducandos incluídos nos cursos de capacitação nas áreas de indústria e construção civil. São ao todo 18 cursos técnicos ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai ), os quais foram adquiridos pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) no valor de R$ 617 mil, através do Fundo Penitenciário (Fupen) – órgão provedor e gerenciador dos recursos financeiros da Secretaria.

Os cursos ocorrem nas unidades prisionais e na Fazenda Futuro.

O gerente de Ressocialização da Sejus, Edimar Cavalcante, destaca que é a primeira vez que a Secretaria  contrata um pacote de cursos do Senai. “Um das finalidades do Fundo Penitenciário é o custeio das atividades desenvolvidas pela Sejus. A aquisição desses cursos é inédita. Foi meio milhão muito bem aplicado, representando um grande avanço no processo de inserção de reeducandos no mercado de trabalho”, disse Edimar.

O secretário de Justiça, Adriano de Castro, explica que os 18 cursos foram adquiridos mediante criteriosa seleção. “Cada curso foi pensado analisando o potencial no mercado de trabalho e as realidades da região onde seriam ministrados”, informou Adriano reiterando que, “além de capacitar, é necessário abrir caminhos reais de trabalho”.

Em 12 municípios

Os cursos técnicos vêm acontecendo desde o mês de março, em Porto Velho (na Fazenda Futuro e em seis unidades prisionais) e nas unidades dos municípios de Jaru, Ji-Paraná, Ariquemes, Colorado do Oeste, Guajará-Mirim, Machadinho d’Oeste, Cacoal, Alvorada d’Oeste, Rolim de Moura, Pimenta Bueno e Vilhena.

Leia mais:

 Projeto de leitura diminui pena e dá impulso à ressocialização de apenados em presídios de Porto Velho

 Fazenda Futuro revitaliza áreas de plantio, conclui jardim clonal de cacau e prepara enxertos em Porto Velho

 


Fonte
Texto: Lucas Tatuí
Fotos: Lucas Tatuí
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube