Governo de Rondônia
Quarta, 30 de setembro de 2020

PREVENÇÃO

Máscaras de proteção são distribuídas pela Emater para moradores em situação de vulnerabilidade social de Ji-Paraná

31 de agosto de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

Escritório local da Emater tem a missão de entregar 2.700 protetores faciais nesta primeira etapa de distribuição

Moradores das áreas urbana e rural de Ji-Paraná em situação de vulnerabilidade social começaram a receber gratuitamente as máscaras de uso pessoal contra o coronavírus.

A proteção facial pode ser retirada na sede do escritório da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater).

A doação de máscaras é uma iniciativa da primeira dama Luana Rocha, titular da Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), por meio do projeto Previna-se, ação do Governo de Rondônia no enfretamento à pandemia de Covid-19.

O projeto Previna-se utilizou recursos do Fundo Estadual de Erradicação da Pobreza (Fecop) na aquisição de 248 mil máscaras em tecido a ser doadas à população vulnerável.

O escritório local da Emater tem a missão de entregar 2.700 protetores faciais nesta primeira etapa de distribuição. Nova remessa está prevista para ser distribuída pela Seas em parceria com a Emater a partir de setembro.

Máscaras de proteção individual estão sendo entregues aos moradores em situação de vulnerabilidade social

O objetivo do Governo Estadual, por meio da Seas, é proporcionar às pessoas de baixa renda a proteção individual como mais uma medida adotada no enfrentamento à proliferação do coronavírus. As máscaras foram  confeccionadas em tecido duplo e reutilizável, conforme as orientações dos organismos sanitários oficiais.

A dona de casa Ilda Alves Oliveira, moradora do bairro Urupá, é um das beneficiadas. Ela teve acesso sem burocracia e levou para casa quatro máscaras. “É uma boa ação do Governo, pois as máscaras no mercado estão ficando cada vez mais caras e são sempre descartáveis. Essa não. Ela é boa e pode ser lavada”, falou a dona de casa, que soube da iniciativa da Seas por meio de um vizinho.

As máscaras funcionam como barreiras físicas reduzindo a propagação do coronavírus, e, consequentemente, à exposição e o risco de propagação. “A utilização é uma importante medida de saúde pública que as pessoas devem adotar no combate à transmissão do vírus”, ressalta Gabriel Cordeiro, gerente regional do escritório local da Emater em Ji-Paraná.

Os produtores rurais inseridos no contexto de vulnerabilidade social também terão direito ao benefício. Para tanto basta procurar o escritório local da Emater para fazer a retirada. Imprescindível que o interessado apresente documento de identificação.

A entrega de máscaras também ocorre na zona rural diretamente na residência do produtor. “Nesse caso, o sitiante que tiver agendado a visita de algum extensionista para esclarecimentos técnicos sobre quaisquer assuntos pertinentes ao setor produtivo, é possível que as máscaras sejam entregues na casa dele”, finalizou Gabriel Cordeiro.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Assistência Social, Distritos, Economia, Governo, Inclusão Social, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade, Solidariedade


Compartilhe