Governo de Rondônia
Segunda, 14 de junho de 2021

AVANÇO

Médicos residentes do Hospital de Base de Porto Velho apresentam pesquisas em evento internacional

10 de outubro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

O atraso no desenvolvimento psicomotor de uma criança prematura nascida de mãe com malária por falciparum e malária mista na gestação na Amazônia Ocidental com relato de caso estão entre os sete trabalhos de pesquisadores de Rondônia selecionados para ser apresentados no 12º Congresso da Sociedade Europeia de Ginecologia (12th Congress of the European Society of Gynecology), que acontecerá de 18 a 21 de outubro, em Barcelona (Espanha). Os pesquisadores são médicos que fazem residência em ginecologia e obstetrícia no Hospital de Base Ary Pinheiro, de Porto Velho, sob a supervisão da médica Conceição Simões, pesquisadora dos dois temas acima.

Supervisora Conceição Simões com duas dos médicos residentes que irão apresentar pesquisa na Espanha

Os cinco alunos orientados por Conceição Simões, são Kryzia Rodrigues de Carvalho, que está no 3º ano, selecionada com o trabalho Malária vivax recorrente em gestante com bronquite na região amazônica: relato de caso; Jenifer Dantas (3º ano), Avaliação diagnóstica de massa pélvica; Ednea de Oliveira (2º ano), Malária vivax em grávida atendida em um hospital escolar da região amazônica; Marcos Salla (2º ano), Hematoma vulvar em puerpera com a doença de Von Willebrand de uma maternidade na região Amazônia; e Bruna Baratella (1º ano), Relato de caso: endometriose em trompas de falópio e gravidez ectópica.

Para Conceição, a participação de Rondônia, em especial de médicos residentes do HB de Porto Velho, é importante porque todos os trabalhos serão publicados em uma revista de grande repercussão, mostrando em nível internacional que a Amazônia Ocidental tem pesquisadores, com relatos de casos de doenças tropicais, aprofundando o conhecimento, além de orientar como manejá-las, considerando que em muitos países não há doenças como a malária. Além disso, será uma oportunidade também para os residentes médicos fomentarem a pesquisa e publicações científicas, aprimoramento o conhecimento profissional. “Será um momentos de mostrarmos que em Rondônia tem pesquisadores preocupados em estudar casos típicos da região, e isso é bom para o estado, para Amazônia e para o País como um todo”, destacou.

Em junho a orientadora Conceição Simões e a médica residente Kryzia de Carvalho participaram, juntamente com  Danyelle Mariaca e  Zulivan Yaluzan do 21º Congresso Português de Obstetrícia e Ginecologia, em Coimbra (Portugal).

Considerando que a pesquisa é fundamental para o desenvolvimento econômico e social, o governador Confúcio Moura tem incentivado a pesquisa em todos os segmentos desde 2011, quando foi discutida a criação da Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa do Estado de Rondônia (Fapero), em atividade há seis anos, após ser aprovada em 25 de julho do mesmo ano com a Lei nº 2.528.

Leia Mais:

Pesquisa desenvolvida em Rondônia identifica vírus causadores da diarreia e auxilia no combate a mortalidade infantil

Polo de Pesquisa e Inovação em Saúde avança com estudos estratégicos para o desenvolvimento de Rondônia

Fundação de Amparo à Pesquisa de Rondônia anuncia editais para atender 13 programas com investimento de mais de R$ 9 milhões

Mais 25 novos profissionais são aprovados para residência médica no Hospital de Base, em Porto Velho


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Evento, Governo, Rondônia, Saúde


Compartilhe