Governo de Rondônia
Sábado, 26 de setembro de 2020

MEIO AMBIENTE

Mesmo em época de pandemia, ações para reabilitar animais silvestres são mantidas pelo Batalhão de Polícia Ambiental

03 de agosto de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

O filhote de anta Antônio chegou no BPA em abril com apenas 2 meses. Hoje, mesmo com seis, come folhas e não dispensa a mamadeira

 

Papagaio ganhou o nome de Gaio da equipe do BPA

O Governo de Rondônia por meio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), localizado no município de Candeias do Jamari, reativou o serviço do Centro de Recuperação de Animais Silvestres (Cras), em março de 2020. A reativação do Centro contou com a iniciativa da bióloga Jaqueline dos Santos Gomes e do Médico Veterinário Marcelo Andreani. Os dois fazem parte do quadro da Polícia Militar.
O objetivo do Cras é recepcionar, triar e reabilitar animais silvestres apreendidos em operações de combate ao tráfico, atropelados nas rodovias, encontrados machucados e entregues voluntariamente pela população ao BPA, para que depois de reabilitados sejam devolvidos à natureza.
O local que ficou por sete anos desativado passa por reforma, por isso, o atendimento ao público está suspenso. Conforme comunica o Subcomandante do Batalhão Ambiental, capitão Jairo Alves Carneiro.

Antes da pandemia, a equipe do BPA realizava palestras educativas sobre a fauna e a flora para crianças e adolescentes durante o período letivo, onde salas temáticas eram utilizadas para orientar sobre a preservação e respeito com o meio ambiente. Atividades que só devem retornar após a pandemia.

O Comandante do Centro de Recuperação de Animais Silvestres, Tenente Alisson Lopes Pereira conta que o primeiro animal resgatado, tratado e liberado à natureza foi uma coruja. A soltura aconteceu no dia 8 de abril deste ano.
Atualmente o lugar abriga um filhote de jupará (família do quati), um filhote de anta, dois periquitos-da-Amazônia, um periquito-de-cabeça-suja, uma arara canindé, dois papagaios-verdadeiros, dois jabutis e três tracajás.

O Batalhão possui uma pequena área de mata onde recebe visita de alguns macacos, tornando-se um corredor ecológico para os animais trafegarem com tranquilidade entre as árvores.

Os policiais militares do Centro oferecem frutas aos animais. Dentre as espécies que aparecem área de mata estão: Zogue zoque, parauacú (também conhecido como macaco velho), sauim-de-cara-suja, mico Rondônia (uma espécie rara e endêmica que ocorre no estado de Rondônia, descoberto e catalogado em 2008, que infelizmente já está na lista e vulnerabilidade do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente Recursos Naturais Renováveis- Ibama. “No BPA temos o privilégio de receber a visita deles, inclusive de uma mãe com dois filhotinhos nas costas”, disse o Tenente Lopes.

A área de mata do Centro de reabilitação recebe a visita constante de  animais da floresta

No último dia (30), o Secretário Adjunto da Secretaria de Segurança Pública de Rondônia, Hélio Gomes visitou o Batalhão da Polícia Ambiental e ouviu as solicitações do subcomandante do BPA, Capitão Jairo Alves Carneiro. “Estamos felizes de conhecer essa equipe do BPA que resgata os animais maltratados, capturados por traficantes e que reabilita para soltar em seu habitat natural. Levarei todas as demandas ao secretário Pachá para as devidas providências”, afirmou Hélio Gomes.

Diariamente o BPA recebe denúncia de maus tratos de animais. A população pode ligar para informar casos de animais em perigo para os canais da Polícia Militar de Rondônia discando 190, Batalhão de Polícia Ambiental: 69 3230 1088 / 69 9 9995 6874, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam): 0800-647-1320 / 3212-9648, Corpo de Bombeiro Militar: 193 ou pelo whatsapp 98482-8690 que funciona 24 horas.

Hoje fazem parte da equipe do Centro de Recuperação de Animais Silvestres o: 1° Tenente PM – Alisson Lopes Pereira, 1° sargento PM – José Marcos Ferreira dos Santos, 3° Sargento PM – Eraldo de Macedo, CB PM Clerle Pereira de Souza- Rafael da Costa Lima, Cabo PM – Rafael da Costa Lima, Cabo PM – Fábia Regina Araújo da Silva, CB PM – Luciana Soares Candeia, Soldado PM – Wesly De Souza Castro, Cabo PM Edmar Fagundes e o 3° sargento PM – Cledison Costa Monteiro

Leia Mais:

 Segurança Pública de Rondônia investe em cães farejadores para combater o tráfico de drogas

 Operação Hórus apreendeu mais de R$ 4 milhões nas fronteiras de Rondônia durante o período de pandemia

 Câmeras de videomonitoramento são reinstaladas no município de Machadinho D’Oeste

 

 

 


Mais Notícias
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Léia Castro
Fotos: Daniel Garcia
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe