Governo de Rondônia
Domingo, 22 de outubro de 2017

DIA DOS PAIS

‘Meu pai foi o esteio que ensinou tudo o que nós somos’, diz agricultor ao agradecer ao pai pelo empenho e dedicação à família

10 de agosto de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Agricultor dedicou a vida ao trabalho na terra

Washington Oliveira Nascimento, de 31 anos, é agricultor e, como o seu pai, Luiz Pinto do Nascimento, sempre viveu da terra. Eles moram numa chácara de um hectare que faz parte do cinturão verde de Porto Velho. No local, produzem hortaliças e participam da Cooperativa Coop Verde, que tem 37 cooperados e fornece verduras e legumes para vários setores da cidade.

A família mora na região há vinte anos, mas veio há 26 do Estado do Maranhão. De acordo com dona Antonia de Nazaré Costa de Oliveira, que também sempre trabalhou com o esposo na roça, são quatro filhos, sendo que dois deles nasceram no Maranhão e os outros dois são rondonienses.

Washington diz que acompanha o trabalho do pai na lavoura desde os oito anos de idade e não pensa em deixá-lo tão cedo. “Meu pai e minha família são tudo para mim”, conta, ao relembrar que tudo o que seu pai fez ficou marcado nos filhos. “Desde quando ele deixou o emprego de vaqueiro numa fazenda e vendeu seu pedaço de terra para morar na cidade e poder proporcionar estudo para nós. Ele ensinou tudo o que nós somos, toda a conquista que temos passou por ele”, destaca o filho.

Agora, há pouco mais de dois anos, Washington, que também trabalhava como Gerente numa fazenda na cidade de Ariquemes, veio ficar com a família, trabalhando na produção de hortaliças. Ele também pretende ingressar no curso de Agronomia para continuar trabalhando na terra com a família.

Como ele, a irmã Vanderléia de Oliveira Nascimento também elogia o desempenho do pai e tudo o que ele fez pelos filhos. “Guerreiro, humilde, ensinou tudo o que a gente conquistou, pela força do trabalho e do amor. Somos quatro filhos, todos pessoas de bem, todos concluíram o ensino fundamental, o médio e superior”, destaca.

Filhos reconhecem esforço do pai para que estudassem

Ela vive na chácara com a família, mas trabalha numa clínica de Estética, como Fisioterapeuta. Apesar de não trabalhar mais com a lavoura, ela destaca o esforço do pai para formar os filhos e dar-lhes tudo o que precisavam.

Hélio Guimarães, presidente da Cooperativa Coop Verde, localizada no km 13 da BR-364, sentido Cuiabá, também elogia o trabalho do agricultor Luiz Pinto do Nascimento. “Ele é uma pessoa muito batalhadora, que não para, trabalha na horta, na banca de verdura que tem na feira e ainda entrega verduras em Cujubim Grande”, destaca Hélio ao falar do produtor que também é sócio-fundador da Coop Verde.

Por sua vez, Antônia Nazaré de Oliveira, que vai completar 33 anos de casada, cuida da casa, ajuda na lavoura e ainda toma conta de duas netas. Ela diz que o marido “é tudo”. “Sem ele, a gente não é nada. Estamos juntos nos momentos bons e difíceis”, avalia, relembrando a luta de seu marido pela manutenção da família. Neste domingo, Dia dos Pais, a família dedica sua atenção para homenagear a luta do agricultor Luiz Pinto do Nascimento.


Fonte
Texto: Mirian Franco
Fotos: Mirian Franco/Washington Nascimento/Vera Dutka
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Brasil, Rondônia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube
YouTube