Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

INVESTIMENTOS

Milhares de alunos da rede pública estadual serão beneficiados com a climatização das salas de aula

25 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Alunos da Escola Estadual Osvaldo Piana, em Ji-Paraná, comemoram a chegada da climatização da sala

Alunos da Escola Estadual Osvaldo Piana, em Ji-Paraná, comemoram a chegada da climatização da sala

O governo do Estado prioriza a educação em seu Programa de Governo e chegou a ser criticado ao afirmar que iria climatizar as escolas da rede pública estadual.

Na última terça-feira (24), em Ouro Preto, o governador Confúcio Moura e o secretário Emerson Castro, titular da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia, fizeram a entrega de 231 aparelhos de centrais de ar condicionados.

Desta forma, o Governo do Estado dá início ao processo de climatização das escolas e milhares de estudantes serão beneficiados com a iniciativa do chefe do Executivo Estadual.

A professora Selma Sebastiana de Moraes assegura que com o ambiente fresco o aluno aprende mais. “Este calor insuportável obriga os alunos a deixar a sala com frequência, mas agora com ar condicionado tudo muda de figura. Melhora o aprendizado e os meninos vão pedir menos para sair da sala”, considera a professora Selma Moraes, que leciona na Osvaldo Piana, unidade escolar estadual localizada na periferia de Ji-Paraná.

“É mais uma vitória nesta gestão”, comemora a diretora do colégio Beatriz Ferreira, em Ji-Paraná. O colégio, localizado no bairro Primavera, mantém 548 alunos nos turnos da manhã e da tarde e também foi contemplado.

A diretora e vice da Escola Horácio Carelli, Janete Maria e Alessandra Hoffman, garantem que a climatização melhora o aprendizado

A diretora e vice da Escola Horácio Carelli, Janete Maria e Alessandra Hoffman, garantem que a climatização melhora o aprendizado

“Melhora o aprendizado e acomoda melhor os estudantes”, afirma a diretora Janete Maria de Souza, da Escola Doutor Horácio Carelli Mendes, em Ouro Preto. “São 387 alunos e estes 20 equipamentos vão proporcionar tranquilidade nas salas de aulas”, entende a vice-diretora Alessandra Garcia Hoffmann.

O professor Sandro Mauro  afirma que “a escola já está prontinha para receber este benefício. Toda a rede elétrica está reformada”, diz o diretor , da Escola Joaquim de Lima, em Ouro Preto, e que recebeu 16 novos terminais de 24 mil BTUs cada.

Para a  diretora Marivone Resende de Araújo, da Escola 28 de Novembro, em Ouro Preto,  a atenção do governo estadual à educação é importantíssima. “A escola já foi toda reformada e agora chegaram os 18 aparelhos tão esperados”, disse Araújo, classificando esta ação governamental como sendo inclusiva aos 976 alunos nos três turnos

“É um avanço muito grande. Acalma os alunos”, resumiu Antônio Ribeiro Rosa, o diretor do Centro de Ensino a Jovens e Adultos [Ceeja] Professor Antônio de Almeida, escola 100% climatizada e que mantém matriculados 590 alunos em Ouro Preto

A dupla Kátia Cilene P. Pereira e Erlani Francisco Caetano responde  pela direção do Colégio Monteiro Lobato, em Ouro Preto. Com a climatização das salas de aulas, eles esperam retomar o posto de escola mais procurada pelos estudantes da cidade. “É de suma importância. Já éramos modelo para a cidade sem ar condicionado, imagina agora?”, indaga a diretora Kátia.

Segundo o vice-diretor Erlani Caetano “o aprendizado vai melhorar ainda mais no colégio, o único que oferece ensino em tempo integral.

O sitiante de Ouro Preto do Oeste Roberto Trindade afirmou que conforto nas salas de aula é importante para o aluno

O sitiante de Ouro Preto do Oeste Roberto Trindade afirmou que conforto nas salas de aula é importante para o aluno

O sitiante Roberto Trindade de Resende está prestes a inaugurar uma agroindústria de resfriamento de leite em Ouro Preto e opinou sobre a entrega de ar condicionado às escolas pelo governo do estado. “O ar na sala de aula é importante porque todos querem conforto e a escola é o segundo lar da criança”.

Com 1300 alunos, o Colégio Deisimara de Oliveira Martins é um dos maiores de Jaru e também foi contemplado com ar condicionados e tablets. A diretora Ivanete Cardoso Martins disse que “sala de aula refrigerada representa melhor concentração dos alunos e que os tabletes é um reforço para os professores”. “Agora vamos ficar com as salas de aulas 100% fresquinhas”, comemora a diretora.

A vice-diretora da Escola Tito Lourenço, em Jaru, Antônia Lúcia Bezerra Cavalcante, recebeu cinco equipamentos de ar condicionado. “Vamos substituir os aparelhos antigos por estes novos e modernos. Isso quer dizer mais conforto e mais economia”, comemora Antônia Cavalcante, que já tem a escola 100%  refrigerada.

“A iniciativa do governo do Estado em climatizar as salas de aulas veio tranquilizar os professores e os alunos”, diz Ciderli Santana Souza, a diretora da Escola Capitão Sílvio de Farias, em Jaru. A escola mantém 998 alunos matriculados e a partir de agora fica 100% climatizada. “As pessoas estão mais críticas e, consequentemente, mais exigentes”, avalia a vice-diretora Helenice Alves Silva Souza.

Bartolomeu Tavares é diretor da Escola Estadual Raimundo Cantanhede, em Jaru, revela que não acreditava que aconteceria a climatização das salas

Bartolomeu Tavares é diretor da Escola Estadual Raimundo Cantanhede, em Jaru, revela que não acreditava que aconteceria a climatização das salas

O ar-condicionado “proporciona bem-estar e atende aos anseios da comunidade escolar”, disse Bartolomeu Pereira Tavares, diretor da Escola Raimundo Cantanhede, em Jaru, que acomoda 1600 alunos nos três turnos. A escola foi construída em 1982 e acaba de receber 20 aparelhos totalizando 100% em refrigeração das salas de aulas. “Não acreditava que um dia isso pudesse de fato acontecer”, festeja Bartolomeu .

O colégio Lauro Benno em Ji-Paraná já está recebendo a reforma e ampliação total da rede de energia elétrica para receber os equipamentos de ar condicionado. O diretor Valmir Pereira da Silva prestigiou a solenidade de entrega dos aparelhos e disse que os serviços na parte elétrica no Lauro Benno executados pelos servidores da Secretaria Executiva Regional são de excelente qualidade. “O secretário Romildo Pereira não tem medido esforços para que nossa escola seja logo climatizada”, afirmou o diretor.

Entrega tabletes – A Coordenadoria Regional de Ensino (CRE) de Jaru representou simbolicamente as demais Cre’s e as escolas que foram contempladas com tablets. Acompanhada de duas diretoras de escolas, Núbia Morali,  coordenadora de ensino de Jaru, recebeu um tablet das mãos do governador Confúcio Moura e se disse feliz pelo equipamento de informática.

Escolas com centrais de ar-condicionados

Secretário Emerson Castro realizou a entrega de diversos condicionadores de ar, em Ouro Preto do Oeste, na terça-feira, 24

Secretário Emerson Castro realizou a entrega de diversos condicionadores de ar, em Ouro Preto do Oeste, na terça-feira, 24

Na última terça-feira (24), em Ouro Preto do Oeste, o governo do Estado por intermédio da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia fez a entrega de dezenas de centrais de ar-condicionados e que irão equipar escolas de Ouro Preto, Mirante da Serra, Ji-Paraná, Jaru e Theobroma.

O governador Confúcio Moura e o secretário Emerson Castro, titular da Seduc, participaram da solenidade de entrega das centrais de ar-condicionados e lembraram do compromisso do governo do Estado em priorizar a educação.

O secretário Emerson Castro aproveitou o evento e fez a entrega de 40 tablets  de 10” para os professores da EEEFM  Professora  Dayse Mara de Oliveira Martins, em Jaru. “Estamos cumprindo o programa do Governo do Estado para a área da educação e tenho prazer em fazer a entrega destes equipamentos e que irão beneficiar milhares de jovens estudantes da nossa rede estadual de ensino, pois os professores terão uma ferramenta a mais de trabalho”, finalizou Castro.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Antônio Queiroz e Paulo Sérgio - Assessoria Seduc e Regional Ji-Paraná
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação


Compartilhe