Governo de Rondônia
Segunda, 26 de julho de 2021

CRIATIVIDADE

Miniaturas de itens que fazem parte do cenário do agronegócio estão em exposição na 6ª RRS

26 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

José começou a trabalhar com artesanato depois de fazer uma miniatura de um caminhão para presentear o filho

José começou a trabalhar com artesanato depois de fazer uma miniatura de um caminhão para presentear o filho

São mais de 90 expositores no setor de artesanato da 6ª Rondônia Rural Show. Uma diversidade de produtos com aproveitamento de matéria-prima local à espera do público até este sábado (27). Nos estandes gente batalhadora que com criatividade e muito esforço tem encantado o público pela beleza e aperfeiçoamento dos itens expostos, como as miniaturas de curral e veículos rurais feitas pelo artesão do município de Colorado do Oeste, José Adriano Ronquete.

Em cada peça é percebido o capricho e a perfeição na imitação de itens que fazem parte do cenário do agronegócio. Coisa de profissional. Mas o que hoje garante a renda da família, começou de uma forma inusitada. ‘‘Eu fiz um caminhãozinho para dar de presente para o meu filho, e aí outras pessoas viram e ficaram interessadas, então eu comecei a fabricar para atender à demanda’’.

Na época, José trabalhava em uma marcenaria na fabricação de carrocerias. Emprego que deixou para trás para se dedicar exclusivamente ao artesanato, e afirma que a mudança proporcionou melhor ganho e qualidade de vida. ‘‘Agora faço meu horário, trabalho em casa tranquilo, posso buscar meu filho na escola’’, disse José Adriano, que já se regularizou como micro empreendedor individual (MEI).

Mesmo com experiência na área, confeccionar as miniaturas em madeira foi um desafio. ‘‘Eu cortava, mas a medida não ficava certa. Agora não. Já sei as medidas certinhas’’.

Miniatura de curral levou apenas três dias para ficar pronta

Miniatura de curral levou apenas três dias para ficar pronta

Ele conta que é o único que trabalha com miniaturas em Colorado do Oeste, e está satisfeito com a procura pelo seu serviço. ‘‘O gasto maior é com mão de obra, porque o material vem principalmente de reaproveitamento do que é descartado pela marcenarias’’, explicou.

Mas com garra e boa vontade, os itens foram ficando cada vez mais parecidos com os objetos reais, e José foi encurtando o tempo de fabricação. A miniatura de um curral, por exemplo, demorava cerca de uma semana, agora ele faz em três dias.

Na Rondônia Rural Show pela primeira vez, ele destacou o contentamento em fazer parte do evento. ‘’É uma oportunidade de divulgar o nosso trabalho”, considera.

Leia mais sobre a RRS


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Economia, Evento, Governo, Rondônia, Serviço, Sociedade


Compartilhe