Governo de Rondônia
Quinta, 19 de abril de 2018

PRESERVAÇÃO

Ministro do Meio Ambiente recebe projeto Fundo Amazônia e demandas voltadas para a regularização fundiária de Rondônia  

16 de abril de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Reunião com o ministro do Meio Ambiente

O Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, recebeu na sexta-feira (13), do governador Daniel Pereira, um pacote de demandas voltada para questões ambientais, produção de alimentos e regularização fundiária no estado de Rondônia. Durante a audiência o senador Valdir Raupp e a deputada federal Marinha Raupp  apresentaram o projeto Fundo Amazônia que foi recebido  pelo ministro.

De acordo com Edson Duarte, no passado se pensava muito em produzir alimentos em quantidade, agora se pensa produzir em quantidade com qualidade, e sobretudo, com segurança jurídica legal e ambiental. Segundo ele, essa visita trouxe diversos assuntos, todos serão encaminhados. ”Acredito eu que, todos eles trarão grandes resultados para Rondônia”, disse.

Daniel Pereira afirmou ao ministro que o estado de Rondônia precisa da ajuda do governo federal, principalmente no Ministério do Meio Ambiente (MMA). Ele citou como exemplo, a piscicultura e a importância de torná-la atrativa não apenas para Rondônia, mas pra toda a Amazônia. Daniel falou ainda da exploração sustentável da floresta e de como aproveitar as reservas e as unidades de conservação do ponto de vista econômico.

O governador citou o Fundo Amazônia, projeto apresentado pelo senador Raupp e deputada Marinha, e protocolado junto no BNDES, pra que o estado de Rondônia possa dispor de aproximadamente R$ 100 milhões com o intuito de promover o Plano de Regularização Ambiental (PRA) voltado à milhares de famílias da área rural e do setor produtivo de Rondônia.

Segundo Daniel Pereira, o Fundo Amazônia é um projeto que permitirá ao estado de Rondônia ser a vanguarda no que diz respeito a questão de continuar o seu processo produtivo, fazendo de forma sustentável e economicamente viável, para que o estado possa produzir e ter mercado. “O mercado internacional que compra os nossos produtos são extremamente exigentes com a regularização ambiental. Se nós não fizermos isso agora, em um futuro não distante pode ocorrer uma decisão dos países centrais, e a gente simplesmente não ter pra quem vender a nossa produção”, alertou o governador.

Em relação ao Fundo Amazônia, o senador Valdir Raupp eforçou que os recursos oriundo do ministério do Meio Ambiente e BNDES, visa a regularização dos imóveis de Rondônia para produzir com qualidade e sustentabilidade. “O governador falou da área do peixe, mas tudo isso faz parte da produção do agronegócio de Rondônia”, asseverou.

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Maurão de Carvalho, elogiou a reunião e destacou a importância do projeto Fundo Amazônia. “Nós vamos poder regularizar, regulamentar, principalmente a situação ambiental. É importante, se nós não cuidarmos disso agora, daqui a dois ou três anos nós podemos ter problemas com pessoas de outros países que compram do nosso estado. Esse é um ponto que nós temos que preocupar e é por isso que estamos aqui”, disse o parlamentar.

Participaram também da audiência o deputado federal Lindomar (Garcon), o superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília (Sibra), Carlos Terceiro,  e secretária de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável, do MMA,  Juliana Simões .


Fonte
Texto: Zózimo Macêdo
Fotos: Alex Nunes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Ecologia, Economia, Legislação, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube