Governo de Rondônia
Domingo, 22 de setembro de 2019

CONTROLE DE GASTOS

Modelos de gestão e inovação do governo de Rondônia são apresentados à equipe de Educação de Goiás

23 de agosto de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Com objetivo de discutir modelos de gestão e inovação nos processos de gerenciamento dos gastos essenciais e frota única, a Superintendência Estadual dos Gastos Públicos Administrativos (Sugesp) recebeu, na manhã desta quinta-feira (22), a equipe técnica da Secretaria de Estado de Educação de Goiás.

A ex-secretária de Educação de Rondônia e atual gestora da pasta em Goiás, Fátima Gavioli,  enviou a equipe técnica para conhecer de perto como funcionam os fluxos de trabalho e os sistemas que integram o gerenciamento da frota única e de outros gastos essenciais como combustível, diárias, passagens etc.

O superintendente de Gestão Administrativa de Goiás, Ademar Rodrigues, explica que o Estado possui processos administrativos consolidados, mas com a criação recente da superintendência, viu-se a necessidade de ter ferramentas de controle para gerenciar todos os gastos com transportes, contratos, patrimônio e etc. “A nossa secretária, Fátima Gavioli, conhece o Estado por sua gestão na pasta da Seduc e reconhece que Rondônia está avançada no desenvolvimento desses sistemas. Nossa intenção é conhecer os mecanismos de trabalho para trazer novas ideias e quem sabe até gerar um benchmarking dos focos positivos. Nosso objetivo é criar um plano piloto a partir dessas análises que posteriormente possam ser aplicadas em outras secretarias em Goiás”. 

Além da gestão tecnológica, foram discutidos pontos de legislação e todo o histórico até chegar a rotina das atividades que são desenvolvidas hoje. A Coordenadora de Gastos Administrativos, Michelle Roberta, lembra que no início da implementação, a primeira secretaria a adotar o Sistema Frota foi a Seduc. “Na época, eles foram os primeiros a usar e atestar que funcionava, fazendo com que a inserção do frota fosse bem aceita na administração”, destacou Michelle.

Coronel Carlos Lopes, superintendente da Sugesp, enfatizou que o governo não tem medido esforços para garantir o desenvolvimento de meios que auxiliam na produtividade e agradeceu a visita dos técnicos. “Além da Sugesp, contamos com a Superintendência de Estado para Resultados  (ERP), que está com uma demanda enorme para desenvolver outros sistemas para todo o governo. Ficamos gratos pelo reconhecimento da secretária e do governo de Goiás. Acreditamos que podemos ser útil nessa estruturação que vocês estão nos trazendo”, disse Lopes.

O superintendente lembrou ainda que, recentemente, o Estado foi exaltado em São Paulo pela qualidade do sistema ERP- Sugesp, responsável por fazer o acompanhamento e fiscalização dos gastos com diárias, passagens, combustível etc. 

Os sistemas que integram as áreas de gestão e monitoramento estão em otimizações constantes. 

Leia mais:

Sugesp conclui Fase de construção de Planejamento Estratégico Interno 2019/2022

Governo prioriza a melhoria da gestão e fiscalização dos contratos com gastos essenciais


Fonte
Texto: Cleiciano Galdino
Fotos: Arthur Amaral e Leandro Morais
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Governo, Rondônia, Tecnologia


Compartilhe