Governo de Rondônia
Terça, 21 de janeiro de 2020

SAÚDE

Municípios da região Central já podem retirar lotes de hipoclorito de sódio na Gerência Regional de Saúde de Ji-Paraná

12 de novembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Frutas, legumes e hortaliças devem ser lavados com hipoclorito garantindo a desinfecção dos alimentos

Já estão disponíveis na sede da Gerência Regional de Saúde, em Ji-Paraná, os lotes de hipoclorito de sódio destinados aos 17 municípios da região central de Rondônia. O produto serve para limpar superfícies, lavagens de frutas, verduras e legumes e, também, purificar água para o consumo humano.

A carga proveniente da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) chegou a Ji-Paraná na semana passada. “São mil caixas a serem repassadas aos municípios da nossa região. A distribuição é um compromisso social e de saúde pública do governo estadual”, disse o gerente regional de saúde, Ivo da Silva.

Os representantes municipais devem obedecer ao cronograma de entregas disponível na gerência de saúde de Ji-Paraná. A distribuição gratuita ao consumidor é de responsabilidade e competência das secretarias municipais de saúde contempladas.

O uso do hipoclorito de sódio é eficaz no combate às doenças. No caso em purificação de água para o consumo humano, por exemplo, os registros médicos sanitaristas apontam redução significativa de contaminação por vírus, parasitas e bactérias causadoras de diarreia, hepatite A, cólera ou rotavírus.

Para purificar a água, recomenda-se 2 a 4 gotas do hipoclorito de 2 a 2,5% de concentração para cada 1 litro de água. A solução deve ser guardada dentro de recipiente não transparente se não for utilizada imediatamente.

O uso do hipoclorito em lavagens de hortaliças, frutas e legumes também é recomendado pelos sanitaristas para que sejam eliminados as larvas, insetos ou parasitas presentes nas comidas.

Frutas, legumes e hortaliças devem ser lavados normalmente um por um. Em seguida esses alimentos devem ficar submersos em uma bacia limpa e com a solução preparada por cerca de 10 minutos e enxaguados em água filtrada.

Leia mais:

 Extensão do JPII, Assistência Médica Intensiva já atendeu até outubro deste ano a quase 500 pacientes


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Água, Brasil, Governo, Municípios, Rondônia, Saneamento, Saúde


Compartilhe