Governo de Rondônia
Segunda, 03 de agosto de 2020

NO DIA DO ANIVERSÁRIO

Idosa de 62 anos recebe alta da UTI no Hospital de Campanha de Rondônia e mais seis pacientes graves são curados da Covid-19

27 de julho de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

Maria Madalena Pereira foi recebida pelos filhos e esposo

 

A aposentada Maria Madalena Pereira do Nascimento, literalmente celebrou a vida, na tarde de segunda-feira (27), no Hospital de Campanha de Rondônia, em Porto Velho. Primeiro, porque comemorou 62 anos, e segundo, por ter vencido a Covid-19, após 34 dias em tratamento, sendo que 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave. A alta, duplamente especial, foi comemorada pela paciente, equipe hospitalar e pela família, que a esperava do lado de fora da unidade, com flores, balões e cartazes.

Mais sete pacientes graves da UTI, recebem alta .

“Nossa luta iniciou no dia 23 de junho na UPA da zona leste, quando  o quadro de saúde da minha mãe se agravou, no dia seguinte foi transferida para o Hospital de Campanha, que coincidiu com a inauguração do hospital. Ela estava muito mal, ficou entubada por 18 dias. No dia 9 deste mês, os médicos chamaram a família e disseram que só Deus para salvar a vida da minha mãe, mas que eles iriam fazer o impossível. Entramos em oração, e hoje depois de 34 dias de muita angústia e muita dor, e pela glória de Deus, ela recebeu alta no dia do seu aniversário, ou seja, estamos comemorando nascimento e o renascimento, nós não poderíamos estar mais felizes nesse dia, só temos que agradecer a Deus e todos os servidores do hospital que não desistiram da minha mãe”, disse emocionado, Jamerson Pereira, filho da paciente.

Além da Maria Madalena, mais seis pacientes receberam alta no mesmo dia, e todos saíram sob aplausos, e muita emoção tanto dos servidores, que acompanham esses pacientes diariamente, quanto dos familiares, que aguardavam ansiosos por esse dia. Dário Carneiro dos Santos, 59 anos, do distrito de União Bandeirantes, passou sete dias na UTI. Germano José de Oliveira, 50 anos, também sete dias na UTI. Claudecir Pereira, 57 anos, passou quatro dias na UTI. Sidraque Marinho, 25 anos, passou sete dias na UTI. Ivete Mario Damiane, 58 anos, segundo ela, chegou muito grave na unidade. “Cheguei aqui, meu estado de saúde era muito critico, achei que não iria sair com vida desse hospital, mas graças a Deus e a esses médicos, e toda equipe que são excelentes pessoas, que nos amam e nos tratam com carinho, e através de muitas orações, que hoje saio curada dessa doença”, disse Ivete.

Pacientes saem sob aplausos da equipe médica

O sétimo paciente a receber alta foi Antônio Borges dos Santos, 53 anos, servidor da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). “Passei oito dias internado no Hospital de Campanha, estive trabalhando no dia da inauguração, como disse o governador Coronel Marcos Rocha, durante a inauguração, esses leitos aqui poderiam receber qualquer um de nós, e graças a Deus, eu sai com vida e curado dessa maldita doença, e espero que em breve eu possa voltar ao trabalho”, destacou seu Borges dos Santos.

O Hospital de Campanha de Rondônia foi inaugurado há pouco mais de um mês, de lá pra cá dezenas de vidas já foram salvas. “Um investimento feito pelo governo do Estado que nos enche de alegria, vê o sorriso no rosto de cada paciente, as lágrimas de alegria de cada familiar que espera na porta do hospital pelo pai, mãe, irmão, tio, tio avó, avô, amigos, isso é gratificante e nos mostra que estamos no caminho certo, e nos dá força para continuarmos nossa luta, nossa batalha contra esse vírus”, enfatizou o secretário adjunto, Nélio Santos.

VEJA A GALERIA DE FOTOS

Leia Mais:

 Estrutura hospitalar com 58 leitos clínicos para enfrentamento da pandemia é doada por multinacional a Rondônia

 Rondônia ocupa novamente o 1º lugar no ranking nacional de transparência da Covid-19


Fonte
Texto: Sângela Oliveira
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Municípios, Rondônia, Saúde, Servidores, Sociedade


Compartilhe