Governo de Rondônia
Sexta, 26 de fevereiro de 2021

CRÉDITO

Novo superintendente do Banco do Brasil em Rondônia garante que há dinheiro para desenvolvimento regional

17 de novembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O Banco do Brasil continuará sendo parceiro comprometido com o desenvolvimento de Rondônia. Foi o que garantiu Antônio Carlos Soares, que assumiu recentemente a Superintendência Regional da instituição. Entusiasmado com a força do agronegócio, Soares assegurou nesta quarta-feira (16) ao governador Confúcio Moura que há recursos disponíveis para investimentos no estado.

Antônio Soares reafirmou ao governador Confúcio Moura o compromisso do Banco do Brasil com o desenvolvimento do estado

Antônio Soares reafirmou ao governador Confúcio Moura o compromisso do Banco do Brasil com o desenvolvimento do estado

Na visita que fez ao governador no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, Antônio Soares disse que a instituição seguirá apoiando o setor produtivo local.

“E o estado precisa deste dinheiro”, disse o governador, ao que o superintendente garantiu: “O dinheiro não pode ficar no banco. Nosso compromisso é com o desenvolvimento“.

O Banco do Brasil tem importante participação no estado, onde oferece crédito para pequenos, médios e grandes produtores, ao mesmo tempo em que mantém amplo portfólio de serviços para atender a outros segmentos.

A instituição é parceira nos eventos que concentram lideranças do agronegócio, como a Rondônia Rural Show e a Portoagro. Além disto, tem assento no Conselho de Desenvolvimento de Rondônia (Conder) e participa das reuniões regulares.

Confúcio desejou sucesso ao novo superintendente e apontou o fortalecimento do setor de laticínios como uma das frentes que terão atenção especial do governo nos próximos anos. “Temos indústrias grandes e organizadas com 65% de sua capacidade ociosa. Temos que mudar isto”, destacou o governador quando tratou dos setores que precisam de investimentos.

Bem informado sobre a pecuária e agricultura do estado, o novo superintendente do BB ilustrou a conversa informando que recebeu de um amigo a incumbência de providenciar queijo produzido no município de Jaru.

CAFÉ

Confúcio disse a Soares que o potencial da agricultura familiar em Rondônia não tem similar no País. E acrescentou que a produção de café segue em expansão, ao mesmo tempo em que conquista mercado pela qualidade. “Até 2018 devemos produzir de 40 milhões de sacas da nossa variedade”, anunciou o governador.

Confúcio também indicou a comercialização do peixe como uma necessidade do momento, uma vez que a produção continua crescendo. “Queremos atingir novos mercados”, revelou.

A participação do banco no Conder, segundo o secretário chefe da Casa Civil, Emerson Castro, é um referencial da importância da instituição no desenvolvimento do estado. Castro acentuou também que o governo valoriza a juventude na área da tecnologia da informação. “No futuro, eles podem criar mecanismos para beneficiar o homem do campo”, admitiu.

Leia mais:
Plano Estadual e Revitalização do Leite prevê fortalecimento da cadeia produtiva em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe