Governo de Rondônia
Segunda, 30 de março de 2020

SAÚDE DO SERVIDOR

Núcleo de Saúde Ocupacional da Seduc realiza mais de 40 mil atividades em 2019

20 de janeiro de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

A Ginástica Laboral é o carro chefe das ações desenvolvidas pelo núcleo responsável por resultados rápidos e eficientes

 

O Núcleo de Saúde Ocupacional da Secretária de Estado da Educação (Seduc) tem demonstrado a cada dia que o corpo e a mente precisam estar em sintonia para gerar grandes resultados. Em 2019, o núcleo composto por psicólogos, assistentes sociais e educadores físicos realizou cerca de 41.375 atendimentos voltados à saúde física e mental dos servidores públicos, tanto na Capital quanto no interior do Estado.

“As ações vão desde campanhas, projetos, oficinas, palestras, atividades ao ar livre, encontros e seminários. Todos os meses os servidores da Seduc participam de alguma atividade que traz benefícios à saúde”, explicou a psicóloga Elizete Gonçalves. O intuito, segundo ela, é valorizar o servidor público, de forma que ele se sinta acolhido.

 

A função principal do núcleo é cuidar do servidor. Até porque se ele estiver mais feliz, e com saúde, conseguirá desenvolver o trabalho com mais aptidão e prazer. Nós valorizamos a vida dos nossos servidores, tanto dentro ou fora do ambiente de trabalho”, destacou Elizete.

 

Entre os destaques estão campanhas e projetos que possuem bastante adesão dos servidores, como a Ginástica Laboral, carro chefe do núcleo. A coordenadora da atividade, Sirlei Ribeiro de Barros, pontua uma série de benefícios que a ginástica traz. “A ginástica laboral trabalha tanto o corpo quanto a mente. Através de estudos, descobrimos que 46% dos servidores da educação possuem doenças osteomusculares, e com a ginástica laboral é possível  reduzir o estresse, melhorar a respiração, fortalecer o corpo e combater doenças. Tudo isso em poucos minutos de atividade”, ressaltou a coordenadora.

Entre os destaque está o projeto “Peso Saudável” que ajuda servidores com sobrepeso ou obesidade. “Nós temos ainda o projeto de Prevenção e Acompanhamento do Uso Abusivo de Álcool e Drogas (Pepad), que tem auxiliado no combate aos vícios, assim como o projeto de Gerenciamento de Estresse que tem aumentado a produtividade dos servidores. Esses projetos vão além do ambiente do trabalho, tratam da saúde de cada servidor”, enfatizou a assistente social, Laura Cristina.

A Campanha Setembro Amarelo, que visa o combate ao suicídio, depressão e transtornos mentais teve grande adesão, assim como a Campanha Outubro Rosa, em que mil mulheres foram beneficiadas com atendimentos, palestras e oficinas voltadas a saúde da mulher. “Os homens também não ficaram de fora, com a Campanha Novembro Azul receberam atendimentos e orientações voltadas à saúde. Ao todo desenvolvemos 26 ações, incluindo a Campanha Dezembro Vermelho que busca prevenir a Aids e outras infeções sexualmente transmissíveis”, afirmou Elizete.

Leia mais:

Escola Estadual Priscila Rodrigues Chagas, em Rolim de Moura, é transformada na oitava unidade de colégio militar de Rondônia

Conselheiros do Fundeb são empossados em Porto Velho para biênio 2020/2021

Projetos de Leis do Executivo aprovados em sessão extraordinária garantem benefício para educação e segurança pública


Fonte
Texto: Anayr Celina
Fotos: Jeferson Morais
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Cultura, Educação, Entrevista, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Lazer, Municípios, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores, Tecnologia


Compartilhe