Governo de Rondônia
Sexta, 06 de agosto de 2021

EDUCAÇÃO RURAL

Número de vagas para ano letivo de 2017 aumenta quase três vezes no Instituto Abaitará em Pimenta Bueno

14 de fevereiro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Abaitará_Entrega de obras_16.02.16_Fotos_Maicon Lemes (6) (2)O Centro Técnico Estadual Profissional Abaitará em Pimenta Bueno se prepara para receber 320 alunos neste ano letivo, que começa em março. Este número é quase três vezes superior aos 120 alunos que o Abaitará vinha recebendo anualmente.

Segundo a diretora Eliane Cristina Faria, este aumento é uma determinação do governador Confúcio Moura. “Este avanço decorreu do esforço coletivo do governador, juntamente com sua equipe, para ampliar os espaços físicos do Abaitará com o objetivo de triplicarmos o número de atendimentos. Com tantos investimentos, e por oferecer um ensino diferenciado, o governador Confúcio nos deu como meta ampliar a oferta de vagas no Abaitará”, explicou Eliane.

O Centro Técnico Estadual Profissional Abaitará, localizado no Km 32 da RO-010, em Pimenta Bueno, está instalado em uma área de 225 hectares, e tem como diferencial a oferta de formação técnica integrada ao Ensino Médio nas áreas de agroecologia, agropecuária, aquicultura, agronegócio e técnico em informática.

Há três anos em pleno funcionamento, o Abaitará se tornou referência em educação, atraindo alunos dos mais diversos municípios do Estado de Rondônia, conforme a diretora. A qualidade do ensino e a estrutura física se tornaram o principal atrativo.

Os 320 alunos previstos para o ano letivo de 2017 estarão divididos nas três séries do Ensino Médio, sendo 220 alunos cursando o 1º ano, 50 o 2º ano e 50 o 3º.

“Nós contamos com o apoio de servidores, pais e estudantes à frente da divulgação do trabalho desenvolvido ao longo destes anos de funcionamento do Instituto Abaitará. A satisfação dos pais e estudantes é, sem sombra de dúvidas, a nossa maior propaganda”, orgulha-se a diretora do Abaitará.

Ainda de acordo com Eliane Faria, além de praticamente triplicar o número de alunos atendidos, o Abaitará tem como meta receber e promover a inclusão de alunos vindos de diversas comunidades. “Este ano faremos um trabalho de inclusão ímpar no estado, atendendo à populações do Baixo-Madeira, indígenas, filhos de produtores rurais, vindos até mesmo do Estado do Mato Grosso. Nossos estudantes serão atendidos em regime de internato e terão toda assistência necessária para uma excelente formação social e acadêmica”, completou a diretora.

INFRAESTRUTURA

Nos últimos anos, o Instituto recebeu significativos investimentos, como melhorias nas salas de aula, nos alojamentos masculinos e femininos, lavanderia, refeitório, construção de espaços de convivência, quadra coberta, laboratórios, além da construção de unidades técnicas determinantes para o curso profissionalizante em agroecologia, como curral, aprisco, pocilga e aviário.

Passando por novas ampliações, até o início do ano letivo, em março, o Abaitará contará com mais uma ala de dormitórios femininos com 104 lugares, dois pavilhões com seis novas salas de aula, academia ao ar livre, duas novas alas de banheiros masculino e feminino e uma área de convivência com paisagismo.

A instituição de ensino está recebendo as obras através de parcerias público-privado, com apoio das Secretarias de Educação, Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e de Justiça (Sejus), das Superintendências de  Desenvolvimento (Suder) e de Gestão do Gastos Públicos Administrativos (Sugespe), além do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER).

Leia mais:
Obras de ampliação do Instituto Abaitará, em Pimenta Bueno, chegam em 60% de execução
Instituto Abaitará forma a primeira turma do Curso Técnico de Agroecologia em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Cursos, Ecologia, Economia, Educação, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Lazer, Meio Ambiente, Obras, Piscicultura, Rondônia, Serviço, Servidores, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe