Governo de Rondônia
Terça, 18 de maio de 2021

HUMANIZAÇÃO

Números positivos e ampliação do atendimento marcam oficina sobre pessoa ostomizada em Porto Velho

15 de dezembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

TESTEMUNHO - Walter Bariani afirma que paciente hoje tem dignidade e tratamento humanizado

Walter Bariani afirma que paciente hoje tem dignidade e tratamento humanizado

“Minha luta começou logo que retornei de São Paulo, onde fiz minha cirurgia. Fui visitar uma senhora no bairro Nacional. Fiquei horrorizado e, ao mesmo tempo, revoltado com a situação: ela estava magérrima, deitada em uma cama muito humilde e sua bolsa coletora era uma sacola de supermercado. Uma situação desumana. Hoje, não temos tudo que precisamos, mas é inegável o avanço que o serviço deu nos últimos anos. Atualmente, o paciente ostomizado é respeitado, tem acolhimento e tratamento humanizado”.

O depoimento emocionado é do presidente da Associação Rondoniense de Pacientes Ostomizados, Walter Oliveira Bariani, durante abertura da Oficina de Capacitação da Pessoa Ostomizada – pessoa que precisou passar por uma intervenção cirúrgica para fazer no corpo uma abertura ou caminho alternativo de comunicação com o meio exterior para a saída de fezes ou urina, assim como auxiliar na respiração ou na alimentação -, realizada nesta quarta-feira (14) pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), através da coordenação estadual da Rede de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência, programa ligado à Gerência de Programas Estratégicos de Saúde (GPES).

Segundo Walter Bariani, a qualidade da assistência, o acolhimento, o avanço na distribuição das bolsas coletoras e o acompanhamento por equipe multidisplicinar só foi implantada pelo atual governo. “Antes as políticas eram ínfimas. Hoje temos que reconhecer que a assistência ao paciente ostomizado é de excelência”, afirma Bariani.

Apenas na associação, 150 pacientes são atendidos. Ele afirma que existe uma demanda reprimida de duas mil pessoas ostomizadas em todo Estado. Em termos de Rondônia, o número de pessoas atendidas gira em torno de três mil.

AVANÇOS - Damaris falou sobre traumas e superação

Damaris falou sobre traumas e superação

TEMA CENTRAL
Com a palestra “Viver, Sobreviver e Superviver”, a professora, psicóloga da Universidade Federal de Goiás, Damaris Nunes de Lima Rocha Morais, que também é ostomizada, falou sobre as dificuldades, dos avanços, da garantia do tratamento oferecido hoje pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e sobre a importância da pessoa aprender a conviver após ser ostomizado.

Ela emocionou a maioria dos participantes com sua história de vida, luta contra uma doença que a fez perder todo o intestino e de superação.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, a estrutura do Estado possui hoje cerca de 600 pessoas habilitadas para o acolhimento, acompanhamento e tratamento da pessoa ostomizada. Ele destaca que o governo de Rondônia, além de garantir a dignidade dessas pessoas, está ampliando a rede de atendimento.

A meta faz parte do programa de descentralização do atendimento implantado pelo governo de Rondônia. Todas os pacientes do interior têm como referência as regionais de saúde, nas cidades polos: Cacoal, Vilhena, Ariquemes, Ji-Paraná. Eles são acompanhados e contam com cadastro para receber as bolsas coletoras, tudo de forma humanizada e com dignidade, destaca Williames Pimentel.

EMOÇÃO
A enfermeira Maria Borges, da Policlínica Oswaldo Cruz (POC), se emocionou a falar da discriminação que a pessoa ostomizada sofria. A falta de atenção, o desprezo com que os pacientes eram recebidos nas unidades de saúde, até mesmo da família, serviram de inspiração para que ela buscasse conhecimento e especialização na área.

Ela apresentou a palestra: “Assistência da Pessoa Ostomizada na Região Porto Velho”. Maria elogiou o avanço que o atendimento e oferta registraram nos último anos. “Nenhum governo, bem como secretário, se empenhou para mudar a triste realidade das pessoas ostomizadas como o atual. Isso é um dos combustíveis que recebemos para fazer o melhor para cada pessoa”, disse.

Leia mais:
Profissionais da saúde da Regional de Cacoal participam de capacitação sobre pessoas ortomizadas


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Capacitação, Cursos, Educação, Evento, Inclusão Social, Infraestrutura, Rondônia, Saúde


Compartilhe