Governo de Rondônia
Domingo, 08 de dezembro de 2019

DESENVOLVIMENTO

Obra de esgotamento sanitário de Ji-Paraná começa pelo bairro Boa Esperança

21 de setembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Foi dado o pontapé inicial para o início das obras do sistema de esgotamento sanitário em Ji-Paraná, com a assinatura de Ordem de Serviço realizada pelo governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, na tarde de sexta-feira, 20. A obra será realizada pelo consórcio de empresas Construtora A. Gaspar (do Rio Grande do Norte) e pela Proacqua (de São Paulo), através de um recurso do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com o valor de R$ 150 milhões, com as primeiras ações sendo desenvolvidas no bairro Boa Esperança, localizado no 2º Distrito da cidade, conforme antecipou o gerente de contratos da construtura do Rio Grande do Norte, André Gaspar.

Destacada pelo governador Marcos Rocha, a obra de esgotamento sanitário trará uma série de benefícios para a população de Ji-Paraná, como a melhoria das condições sanitárias locais, a conservação dos recursos naturais e a eliminação de focos de poluição, bem como a redução de casos de doenças.

“Uma obra grandiosa para Ji-Paraná que terá um reflexo positivo, principalmente na saúde. Muitos achavam que essa obra não iria acontecer, mas o que fizemos na verdade foi pegar a ação que estava dentro de uma secretaria que não tem nada relacionado  com obras. Então foi feito um projeto e encaminhado para a Assembleia Legislativa para que fosse transferida a obra do PAC para o  DER que é o órgão que trata de obras no Estado. Isso tudo feito com apoio do Ministério do Desenvolvimento, ou seja, trabalhamos no sentido de que a coisa realmente acontecesse  e agora nós teremos mais uma obra aqui para Ji-Paraná além do Anel Viário que vai ser entregue nos próximos meses trazendo alegria para a população de Ji-Paraná com obras tão importantes para o desenvolvimento da região”, argumentou o governador.

Governador Marcos Rocha no ato da assinatura da Ordem de Serviço

O alinhamento com o Governo Federal também foi enfatizado pelo governador, lembrando que a orientação do presidente da República, Jair Bolsonaro, é fazer com que o Estado cresça, inclusive apresentadas nos últimos meses com a vinda de vários ministros em Rondônia. Ao ser indagado sobre o prazo para conclusão da obra, o governador deixou claro que o Consórcio garantiu agilidade e que espera que tudo seja concluído ainda dentro do seu mandato, destacando que trata-se de uma obra extensa e que vai transformar o município.

OBRA

A obra será realizada através de um recurso do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2), com o valor de R$ 150 milhões. Ao todo, a obra terá uma extensão de  nove elevatórias, sendo: 377 mil 477 e 33 metros de rede de esgoto, 17 mil 138 metros de linhas de recalque e 25 mil 943 ligações domiciliares.

Um sistema de esgotamento sanitário traz uma série de benefícios, como a redução de gastos com tratamento de doenças, uma vez que grande parte delas está relacionada à ausência de redes de esgoto sanitário ou de água adequadamente tratadas. Os benefícios foram enumerados pelo governador e reforçados pelo prefeito de Ji-Paraná Marcito Pinto confirmando se tratar de uma obra pública mais importante já recebida pelo município. “Esse projeto começou há muito tempo ainda com o então Prefeito Jesualdo Pires e de lá para cá  temos trabalhado arduamente com idas a Brasília defendendo os projetos, ou seja, foi uma  caminhada longa para hoje efetivamente podermos ter o sentimento que essa obra vai começar. Mas eu digo à população de Ji-Paraná,  não podemos entender que esta obra é de um ano. São cerca de 400 km de tubulação que serão instaladas nas ruas da nossa cidade e precisamos trabalhar em parceria com o Governo Estado. Foi solicitado à empresa que os serviços  comecem dos bairros para o centro, visando valorizar os moradores” disse o prefeito.

O gerente de contratos da construtura do Rio Grande do Norte, André Gaspar afirmou que a empresa está instalada no município desde o início do ano e que já na próxima semana será efetuada a compra do material, prevendo que  nos próximos dias os serviços serão iniciados. Segundo ele mesmo confirmou, o bairro Boa Esperança será o primeiro a receber a obra.

Por se tratar de uma grande obra será preciso escavar o solo, fazer a instalação de tubos de ligação na rede de esgoto – etapa que é feita na parte externa das casas, em calçadas ou ruas, e engloba um conjunto de serviços, infraestruturas e instalações operacionais. Nesse sentido, tanto o governador quanto o prefeito enfatizaram ser fundamental a compreensão dos moradores, uma vez que a obra trará grandes benefícios futuros.

O ato da assinatura da Ordem de Serviço também contou com a participação das deputadas federais Mariana Carvalho e Silvia Cristina; deputados estaduais Laerte Gomes (presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia) e Jhony Paixão; secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves ; secretário-chefe da Casa Militar, coronel PM Valdemir Carlos de Góes; diretor geral de Estradas e Rodagens, Erasmo Meireles ; dentre outras autoridades.

 


Fonte
Texto: Paulo Ricardo Leal
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Obras


Compartilhe