Governo de Rondônia
Sexta, 16 de novembro de 2018

CULTURA

Obra para a conclusão do Teatro Estadual de Ariquemes é iniciada

23 de janeiro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Imagem do projeto mostra como será será o teatro

A ordem de serviço para a retomada e conclusão do Teatro Estadual de Ariquemes foi assinada na noite da última sexta-feira (19), em evento na frente da atual estrutura já construída, na esquina nas avenidas Tancredo Neves e Canaã, setor Institucional. A empresa AC Construção e Terraplanagem foi a vencedora da licitação, assinou o contrato e deu início aos trabalhos hoje (22). O contrato prevê 240 dias de serviço, ou seja, oito meses. Cumprindo o prazo estabelecido, a empresa deve entregar o teatro para inauguração no mês de outubro. Neste projeto o governo de Rondônia investirá mais de R$ 11 milhões.

A ordem de serviço foi assinada pelo governador Confúcio Moura, pelo diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraesturutra e Serviços Públicos (DER), Ezequiel Neiva, pelo prefeito Thiago Flores e pelo presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho.

O governador Confúcio Moura enfatizou que o município terá o melhor teatro do interior do estado, e atenderá a região do Vale do Jamari (Ariquemes, Machadinho, Buritis, Alto Paraíso, Campo Novo, Monte Negro, Cacaulândia, Rio Crespo e Cujubim), formando uma população estimada em cerca de 230 mil habitantes, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatísticas (IBGE).

Confúcio afirmou ainda, que Ariquemes terá um centro de referência da arte, para receber qualquer companhia teatral do Brasil. “Teremos um local para receber grandes palestrantes; apresentação dos músicos locais; artistas de palco; orquestras das igrejas e formaturas, tudo com acústica perfeita e ambiente climatizado”, acrescentou.

O teatro, segundo o governador, fomentará a economia da cidade. Disse que o mundo da arte movimenta dinheiro, ofertando trabalho as costureiras, marceneiros, iluminadores, maquiadores, salões de beleza, restaurantes, lanches, artistas de palco  entre outros. Disse que o projeto é muito importante para Ariquemes. “Todos sabem a minha história com essa obra. Tenho insistido desde à época de prefeito. Depois, repassamos dinheiro para a prefeitura, mas na licitação não houve empresas interessadas. Agora, o governo mesmo está assumindo e vamos concluí-lo”, assegurou Confúcio ao afirmar que a iniciativa do teatro partiu da deputada federal Marinha Raupp.

Ezequiel Neiva disse que o teatro será construído com o que há de melhor no mercado. Destacou que o projeto foi readequado e modernizado. Neiva afirmou também que o dinheiro está na conta, que a empresa tem credibilidade e histórico de concluir as obras que assume.

O deputado federal Lucio Mosquini disse que toda grande cidade precisa de um local adequado para apresentações artísticas e culturais.  O deputado atentou para as dificuldades que o governo tem enfrentado para construir o teatro, mas que nunca desistiu.

Mosquini citou também a construção do aeroporto como outro grande investimento que o município receberá em 2018. “Lutamos por este recurso e ele já está assegurado o montante de R$ 8 milhões”.

O presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho, falou da importância do teatro em torno da valorização da cultura de Ariquemes e região. O deputado destacou o volume de obras que o governo tem inaugurado e assinado ordem de serviço no início de 2018. “São investimentos para a melhoria de vida da população.

Para o prefeito Thiago Flores, o governador Confúcio Moura tem cumprido seus compromisso com a cidade. Citou, além do teatro, o aeroporto, o hospital regional, a rodoviária e a pista de testes do Detran. “As projetos estão acontecendo e vão gerar emprego e renda. As mercadorias vão circular e fortalecer a economia. Isso vai gerar receita ao município, que poderá investir em outras áreas”, abordou o prefeito.

O empresário Valter Luiz Rossoni (Polaco) afirmou que trabalhará para cumprir o prazo de contrato, e que as equipes já estão sendo mobilizadas. O empresário foi responsável pela construção da escola Murilo Braga; do Presídio 470; e do Presídio Feminio, todas em Porto Velho; do Parque da Baixada em Jaru; da Escola Vila Lobos em Ariquemes, e do presídio de Machadinho D’ Oeste.

Também participaram da ordem de serviço os deputados estaduais Geraldo da Rondônia; Saulo Moreira; Adelino Follador e Só na Bença. Todos destacaram a construção do teatro como de importância para a valorização cultural e desenvolvimento do município.


Fonte
Texto: Nilson Nascimento
Fotos: Nilson Nascimento
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Inclusão Social, Municípios, Obras, Rondônia, Serviço, Servidores


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube