Governo de Rondônia
Sábado, 31 de julho de 2021

Operação Enchente: Reunião para Coordenação das Ações na fase de reconstrução

15 de abril de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Os governos dos Estados de Rondônia e Acre concordaram em reunião nesta segunda-feira, 14, que precisarão se unir para obter recursos para a fase de reconstrução no período de pós enchente do Rio Madeira.

Além disso, a reunião discutiu sobre a criação de um sistema de monitoramento dos rios afluentes do Rio Madeira para a prevenção de impactos através de cooperação técnica e ação conjunta dos dois países, foi proposta pelo governador Maurício Paz Barbery, do Departamento do Beni, da Bolívia, que não pôde comparecer na reunião.

O encontro aconteceu na sede da Superintendência do Sipam, com a presença do Vice-Governador Airton Gurgacz, representando o Governador Confúcio Moura, e o Vice-Governador, César Messias, representou o Governador Acreano Tião Viana, o Prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif e autoridades do Estado e Municípios de órgãos envolvidos na Operação da Defesa Civil.

1Durante o encontro, a Coordenadora de Operações do Sistema de Prevenção da Amazônia, Ana Cristina Strava, apresentou o panorama geral da hidrologia ocorrida em nosso Estado desde o final do ano passado, culminando com as alagações em fevereiro, março e abril. Ana afirmou que, estatisticamente, as possibilidades de ocorrer outro desastre semelhante na região só em 220 anos

Em seguida, o Subcomandante Geral, Coronel BM Rodrigues, representando a Coordenação Estadual da Defesa Civil, registrou o agradecimento a todos os órgãos que trabalharam e ainda trabalham para o socorro e assistência a população afetada, na qual chegaram em torno de 42% da população do Estado, seja direta ou indiretamente.

2A mobilização dos órgãos parceiros, segundo ele, foi decisiva para atenuar o impacto do desastre a ponto de evitar a ocorrência de mortes diretamente relacionadas ao evento.Falou ainda de toda ação que foi feita para a instalação do Abrigo Único, no Parque dos Tanques e que estão sendo providenciados todos os recursos disponíveis para um melhor conforto para população que esta abrigada.
O vice-governador Airton Gugacz fechou a reunião lembrando que a iniciativa foi do governador do Departamento de Beni, Maurício Paz Barbery que, entretanto, não conseguiu liberação para viajar. Gurgacz afirmou que foi conhecer as regiões afetadas e estimou em R$ 5 bilhões o volume de recursos necessários para a reconstrução no período pós-enchente e pediu a união de esforços entre os estados de Rondônia e Acre para esta empreitada.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe