Governo de Rondônia
Sábado, 14 de dezembro de 2019

TRÂNSITO SEGURO

Operação Thanos registra redução de até 50% dos acidentes de trânsito em Porto Velho

19 de novembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Guarnições atuaram em Operação para reduzir acidentes de trânsito.

 

Desenvolvida para registrar a atuação do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPtran) da Polícia Militar de Rondônia, a Operação Thanos diagnosticou a redução de até 50% dos acidentes de trânsito e nenhuma vítima fatal durante os dias de atuação em Porto Velho. Os dados levantados são considerados para reforçar o entendimento sob o número de vítimas atendidas no Hospital João Paulo II.

Dividida em quatro fases, a Operação Thanos iniciou em setembro. Durante quatro semanas, começava terça-feira e terminava no domingo pela manhã, onde 100% da força operacional da capital atuou seguindo os programas operacionais de cada dia com a Polícia de Trânsito (Ptran), comando de abordagens com as blitz, e distribuição de cones nos principais cruzamentos, como a Duque de Caxias, já considerada a principal via em riscos de acidentes, com 70 acidentes neste ano e cinco vítimas fatais.

A operação concluída em outubro foi desenvolvida para o registro de atuação do Batalhão de Trânsito, de forma a contribuir com a redução de vítimas em atendimento no Hospital João Paulo II. O trabalho realizado pelas companhias de trânsito é o mesmo fora da Operação, mas o Estado de Rondônia entendeu por bem documentar por meio dos dados levantados durante as fases da Thanos.

Após operação, medidas foram indicadas para contribuição na redução de acidentes.

Segundo um dos responsáveis pela Operação, tenente Cristiano Limeira Gomes, é possível observar que o maior número de acidentes ocorre de segunda a sexta-feira, de 9h às 21h, na capital. Ressaltando, que nas semanas de atuação da Operação, não foi registrada nenhuma ocorrência com vítima fatal por acidente.

O relatório final apresenta que o efetivo contou com cerca de 39 policiais em média por dia, 1.895 pessoas foram abordadas, 697 automóveis e 799 motocicletas vistoriados, 80 prisões em flagrante, 76 registros de crime por embriaguez na direção, 52 ocorrências apenas com danos materiais, 114 ocorrências de trânsito com lesão corporal, 24 termos circunstanciados, 171 veículos removidos, quatro veículos recuperados por furto ou roubo.

Dentre os fatores de risco que contribuem com os acidentes, a Operação levantou que estão os erros humanos, velocidade incompatível com a via, condução sob influência do álcool e outras substâncias, não utilização de capacetes, cintos de segurança e sistemas de retenção para crianças, direção distraída (celular, aparelhos portáteis e eletrônicos), veículos com falta de manutenção, descumprimento das leis de trânsito.

Com a operação, foi possível analisar os registros e indicar medidas para manter a redução de acidentes de trânsito: Reduzir a velocidade da via; Instalar semáforos de veículos; Ativar semáforo de pedestres; Programar vermelho geral; Distanciar faixas das esquinas; Implantar radar de velocidade na Duque de Caxias; Adequar vias, retornos e cruzamentos; Instalar sinalização vertical ou horizontal; Instalar e adequar ponto de travessia; Instalar redutores de velocidade; Realizar campanhas sobre o uso do celular ao volante, manutenção de veículos e excesso de velocidade; Direcionar fiscalização para pontos críticos; Estudos acadêmicos sobre segurança viária; Comunicação de resultados; Compra ou licitação de guincho para operar 24 horas por dia.

“A ideia é manter essa operação como modelo, porque trabalha com a prevenção e repressão, como a sinalização complementar (cones), Ptran Educativa, Fiscalização Escolar, visita às vítimas de acidentes de trânsito”, explicou Gomes.

Leia mais:

 Redução de mortes no trânsito é destacada em evento do Detran que lembra vitimas de trânsito em Rondônia

 Detran reúne representantes de instituições para definir ações de melhoria no trânsito em Rondônia

 Operação Lei Seca: ações são intensificadas para reduzir acidentes de trânsito em Rondônia

 Mapa de calor do trânsito apresenta locais com maiores índices de acidentes em Porto Velho

 Motociclistas são maioria em acidentes de trânsito em Rondônia

 Grupo SOS atua há cinco meses com melhorias no atendimento e contenção de lotação no Hospital João Paulo II


Fonte
Texto: Gaia Bentes
Fotos: Daiane Mendonça e Arquivo BPtran
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Polícia, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Sociedade


Compartilhe