Governo de Rondônia
Segunda, 14 de junho de 2021

PALESTRA

Ouvidoria Geral e Controladoria do Estado alertam diretores e gestores de escolas quanto a boa aplicação dos recursos da merenda escolar

21 de dezembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Na manhã de sexta-feira (15), a Ouvidoria Geral, juntamente com a Controladoria Geral do Estado e o Coordenação Regional de Ensino da Capital, realizaram uma palestra com o tema: Um despertar dos diretores e gestores e gestor do Conselho Escolar da cada escola, quanto a boa aplicação dos recursos da merenda escolar. O evento aconteceu no colégio Carmela Dutra em Porto Velho e contou com a participação de mais de 150 gestores das escolas do Estado.

Na abertura do evento, o ouvidor geral, Vicente Rodrigues de Moura, deu as boas vindas a todos os participantes e  elogiou os diretores que foram agraciados pela premiação que reconheceu os trabalhos de 11 escolas e atuação de professores em Rondônia.

O ouvidor alertou a todos os gestores quanto ao cuidado no cumprimento do cardápio da merenda escolar, bem como,  a aplicação correta dos recursos que visa dispensar uma merenda de qualidade aos alunos das escolas do Estado.

“O ponto forte do despertar, é que no ano que vem,  por ser um ano eleitoral, a tendência é aumentar a vigilância da sociedade aos agentes públicos, através de denuncias cabíveis ou levianas, quanto a aplicação dos recursos que a escola recebe”, alertou.

Moura afirmou de maneira categórica que a melhor maneira de se proteger contra as denuncias cabíveis e levianas é se vacinar. E a vacina a ser tomada por todos os gestores públicos,  será a transparência de forma escancarada, como bem afirmou a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.  Portanto, é necessário  publicar o cardápio de cada dia no mural da escola e em local de acesso de todos os alunos, pais e visitantes, para que eles sejam os verdadeiros defensores dos gestores.

Na ocasião, a nutricionista da Sub-gerência de Alimentação Escolar da Seduc, Regina Rodrigues, alertou quanto ao rigoroso cumprimento do cardápio, uma vez que a merenda vai auxiliar na produção de energia física e  intelectual dos alunos, pois cada nutriente, tem a sua importância na produção dessa energia.

“ A manutenção do cardápio é muito importante para o aluno e para o alto rendimento e aprendizado, uma vez que o mesmo está fornecendo todos os nutrientes necessário. Caso venha ser alterado, vamos está descumprindo as normas do Conselho de Alimentação Escolar, que fiscaliza o cumprimento do Programa Nacional de Alimentação Escolar e isso, é passivo de punição”, alertou.

O controlador Geral, Francisco Netto, disse que a Controladoria tem como função fiscalizar e monitorar gestão e gastos e a ouvidoria recebendo sugestões de melhoria do sistema de alimentação escolar,  organizou esse evento, em conjunto com a Controladoria e a Seduc, para que possa receber propostas de melhorias para o fluxo de processos de visão de responsabilidades, para que principalmente a gente tenha um serviço de qualidade que a sociedade possa controlar. Em seguida, ele parabenizou a ouvidoria por esta iniciativa, que seguramente irá contribuir para uma gestão de qualidade no trato com a coisa pública.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Bosco Cardoso
Fotos: Bosco Cartdoso
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe