Governo de Rondônia
Quinta, 18 de outubro de 2018

FILA DE ESPERA

Pacientes de oito municípios da Zona da Mata recebem de sexta a domingo atendimento especializado da POC Itinerante

22 de novembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Depois de atender a três mil pessoas na região Central do estado, de 27 a 29 de outubro, em Ji-Paraná, a Policlínica Oswaldo Cruz, de Porto Velho, levará seus serviços especializados neste mês ao município de Rolim de Moura, na região da Zona da Mata de Rondônia, onde a previsão é que sejam atendidos 2.700 pacientes da fila de espera. De acordo com o diretor José França de Lima, a quarta edição da POC Itinerante será realizada de 24 a 26, na Faculdade São Paulo, contando com profissionais de 35 especialidades. A proposta é desafogar a fila de espera e evitar que esses pacientes sejam transferidos para as unidades de saúde de Porto Velho.

Ji-Paraná foi o último município a receber as ações da POC Intinerante

D0s 2.700 atendimentos previstos, França disse que pelo menos 400 são da área de ortopedia. Além de beneficiar os pacientes com o atendimento na própria região, o diretor ressaltou que o projeto idealizado pelo governador Confúcio Moura reduz custos para as prefeituras que são responsáveis pelo transporte dos pacientes para a capital quando indicado pela equipe médica local.

Os pacientes serão atendidos por especialistas em alergologia, cardiologia (Holter e Mapa), cirurgia geral, cirurgia plástica, dermatologia, hanseníase, endocrinologia (para idoso e obesidade), geriatria, ginecologia, infectologia, neurologia (adulto e infantil), ortopedia, otorrinolaringologia, pediatria, pneumologia, psiquiatria, reumatologia, urologia, ultrassonografia, espirometria, eletrocardiograma e programa de obesidade.

O acolhimento aos pacientes será feito a partir das 5h, e às 7h30 será iniciado o atendimento da primeira turma; e às 13h a segunda equipe inicia os procedimentos.

Pacientes pré-agendados de oito municípios da Zona da Mata serão beneficiados pela ação, que são: Alta Floresta do Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Nova Brasilândia, Novo Horizonte do Oeste, Parecis, Rolim de Moura e Santa Luzia do Oeste.

A primeira edição da POC Itinerante aconteceu em agosto, em Machadinho do Oeste; e a segunda em Ariquemes, no mês de setembro, seguindo ordem cronológica que leva em conta o tempo de espera e a gravidade da doença.  Toda estrutura é garantida pelo governo, sem contrapartida de outras instituições, com vistas a facilitar o atendimento especializado ou de alta complexidade sem necessidade de deslocamento do paciente para a capital.

Em Ji-Paraná, a dermatologia foi uma das especialidades mais procuradas pelos pacientes. No caso das pequenas cirurgias, os casos mais recorrentes foram as extrações de verrugas, caroços e câncer de pele. A POC Itinerante zerou a fila de espera nas especialidades de cardiologia, ginecologia, alergologia, reumatologia, pediatria, geriatria, nefrologia e em alguns casos de ortopedia.

Leia mais:
Eletricista destaca atendimento na POC Itinerante em Ji-Paraná; três mil pacientes foram atendidos
POC Itinerante faz mais 2 mil atendimentos em Ariquemes


Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Saúde


Compartilhe