Governo de Rondônia
Quarta, 26 de junho de 2019

SEGURANÇA AMBIENTAL

Pacto pela segurança pública em Ariquemes propõe combate a crimes ambientais no município

15 de março de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

A preservação ambiental passou a ser oficialmente tema que converge para a Segurança Pública a partir do pacto de Ariquemes assinado na segunda-feira pelo governador Confúcio Moura e diversos órgãos governamentais e não governamentais do município. O pacto consolida a ação “Municípios Mais pacíficos” dentro do Programa Rondônia Mais Segura. O documento prevê ações contra crimes ambientais, que na avaliação das autoridades governamentais e da sociedade, precisam ser priorizadas. O compromisso converge para o tema “Segurança Para Sustentabilidade”, que é o 10º dos 15 componentes do Programa Rondônia Mais Segura.

Prevenção a queimadas consta da Implantação do Sistema de Sensoriamento Remoto e o monitoramento de queimadas, incêndios e desmatamentos das Unidades de conservação. O objetivo é a anular ou pelo menos minimizar riscos ao ecossistema: seres vivos, não vivos e as relações entre eles. Nesse segmento do documento assinado os órgãos diretamente envolvidos são: a Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec); Prefeitura e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

O objetivo é a anular ou pelo menos minimizar riscos ao ecossistema: seres vivos, não vivos e as relações entre eles.

Segundo secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, Lioberto Caetano, a Sedam é um órgão que tem trabalhado muito e efetivamente com a segurança pública, tem feito toda diferença. O secretario lembrou que a questão dos conflitos agrários tem reduzido bastante por causa do trabalho no meio ambiente integrado com a segurança pública.

De acordo com informações da Sedam, a proposta de Política Estadual de Governança Climática e Serviços Ambientais visam garantir a valorização ambiental em Rondônia através de pagamento por serviços ambientais e incentivos as ações de redução e emissão de gases de efeito estufa.

Trata-se de uma mudança de paradigma na legislação ambiental no estado, para reduzir emissões de gás carbônico, não somente a partir do uso de instrumentos de comando e controle, mas também por instrumentos de incentivo como Pagamentos por Serviços Ambientais – PSA e Redução de Emissões por Degradação de Desmatamento da Floresta – REDD+.

Nas ações pactuadas em Ariquemes no segmento meio ambiente, caberá a Sedam, descentralizar o Licenciamento da Gestão Ambiental para o município com repasse do kit contendo um veículo, equipamentos de informática e mobiliários para esta finalidade; capacitar servidores da Secretaria Municipal do Meio Ambiente no sentido de agilizar ações de preservação ambiental; recuperar as áreas de preservação permanente (APPs) das nascentes no município, através de recursos provenientes do Fundo Amazônia, por meio do BNDES, repassado através do Programa de Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental Integrado – PDSEAI, com previsão de custo de R$ 150 mil.

Leia mais:

Ariquemes é primeiro município a pactuar compromisso de reduzir indicadores de criminalidade


Fonte
Texto: Valdir Alves
Fotos: Daniel Friedrich
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Capacitação, Comunicação Interna, Convênios, Cultura, Ecologia, Economia, Educação, Evento, Forúm, forúm amazônia legal, Fórum da Amazônia Legal, Fórum de Governadores Brasil Central, Governo, Legislação, Meio Ambiente, Municípios, Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe