Governo de Rondônia
Sexta, 20 de setembro de 2019

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Palestra para a comunidade detalha ações da Patrulha Maria da Penha em Cacoal

14 de junho de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Sargento PM Juliane Lorenzon: “A Patrulha Maria da Penha é mais que uma ronda policial. É um verdadeiro acompanhamento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar”

A Patrulha Maria da Penha em Cacoal, representada pela Sargento PM Juliane Lorenzon, esteve presente numa importante palestra realizada no Cacoal Shopping, na noite da última quinta-feira (13), com o foco na Violência Contra a Mulher.

Em sua fala, a policial militar do 4º Batalhão de Cacoal, Sgt Lorenzon, explanou sobre a função, objetivos e ações da Patrulha Maria da Penha. “Trata-se de uma unidade policial militar capacitada para executar ações do Programa de Prevenção à Violência Doméstica e Familiar, por meio de visitas regulares, em dias e horários diversos, às mulheres vítimas de violência, as quais tem a posse da Medida Protetiva de Urgência”, explicou.

As ações da Patrulha Maria da Penha destinam-se a atender especificamente os casos que a Lei considera violência doméstica e familiar contra a mulher, em razão da vulnerabilidade e hipossuficiência de gênero. A Patrulha realiza suas ações a partir do encaminhamento da medida protetiva de urgência pelo Poder Judiciário.

 

“A Patrulha Maria da Penha é mais que uma ronda policial. É um verdadeiro acompanhamento das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar”, ressaltou a policial militar.

 

Entre as atribuições da Patrulha Maria da Penha em Rondônia, estão:

  • 4º Batalhão de Polícia Militar conta com duas guarnições da Patrulha Maria da Penha

    A fiscalização de medidas protetivas de urgência, por meio de visitas preventivas às residências das mulheres beneficiadas e dos ofensores;

  • Atendimento qualificado emergencial mais célere, pois a mulher atendida possui o contato telefônico direto da guarnição, podendo tirar suas dúvidas ou acionar o 190 em caso de emergência;
  • Pacificação de conflitos, podendo atuar como mediadora e aconselhar os envolvidos para a solução de problemas no âmbito doméstico e familiar e;
  • Atendimento qualificado assistencial, orientando a mulher vítima quanto a seus direitos e à rede assistencial existente, podendo encaminhá-la para os órgãos de proteção e atendimento necessários”.

 

Patrulha Maria da Penha em Cacoal

Em Cacoal, a Patrulha Maria da Penha foi implantada no dia 21 de agosto de 2018. Atualmente composta por duas guarnições, a Patrulha conta com horário de atendimento diversificado e com ponto de apoio na Base Comunitária do Bairro Vista Alegre.

Desde a sua implantação, em agosto de 2018, a Patrulha Maria da Penha tem acompanhados 159 mulheres vítimas de agressão. Nesse período, duas prisões foram registradas e das 195 medidas ativas, 15 já foram encerradas com o retorno do companheiro ao lar.

O evento, que teve como foco a Violência Contra a Mulher, contou também com a participação do Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal de Cacoal, Ivens Fernandes, da servidora do Tribunal de Justiça, Daniela Klemz Eller, do professor de Direito da Unesc, Luciano dos Santos, e da advogada Julinda da Silva.

Dados estatísticos do atendimento no município de Cacoal agosto/18 à maio 19.

ATENDIMENTOS QUANTIDADES
MEDIDAS ATIVAS 195
MEDIDAS ENCERRADAS 15
VITIMAS EM ACOMPANHAMENTO 159
RETORNO DO COMPANHEIRO AO LAR 15
PRISÃO EM FLAGRANTE 02
VITIMAS NÃO LOCALIZADAS 17

 

Leia mais: 

Mulheres de Fibra: Projeto quer fazer a diferença na vida de mulheres vítimas de violência em Cacoal e região

Termo Circunstanciado gera economia de quase R$ 5 milhões e referencia nacionalmente a Segurança Pública de Rondônia

Polícia Militar reforça defesa para policiais femininas contra assédio moral e sexual em Rondônia


Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Cabo João Ricardo Marques
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Evento, Governo, Municípios, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe