Governo de Rondônia
Sábado, 22 de fevereiro de 2020

INVESTIMENTO

Peixe na merenda escolar incentiva o pequeno produtor rural em Jaru

19 de setembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

14285784_10206922763047124_877507080_o

Lauzeni Vasconcelos pretende triplicar produção

Com objetivo de inserir peixe na merenda escolar, o Governo de Rondônia incentiva os pequenos produtores a implantar suas agroindústrias. No sábado (17), a secretária adjunta de Estado (Seagri), Mary Braganhol, esteve no sitio Boa Vista, da dona Lauzeni Vasconcelos, no distrito de Tarilândia, para acompanhar a implantação das agroindústrias de peixe e frango e orientar  nos passos finais.

“Meu sonho era criar peixe, mas eu não sabia nem por onde começar. Há 12 anos, quando vi uma lagoa no sitio, comprei a terra na hora”, lembra a produtora rural Lauzeni, que atualmente produz 20 toneladas de peixe e 8,4 mil unidades de frango ao ano, e diz que com o projeto do Governo do Estado em comprar alimentos do pequeno produtor rural para merenda escolar e também  incluir o peixe, a sua meta até dezembro de 2017 é triplicar a produção.

A pequena produtora rural mora há 12 anos na linha 629. Nos  quatro primeiros anos, ela e seus dois filhos conseguiram pagar os 12 alqueires de terra, sitio onde mora e trabalha, com a produção de arroz e café, porém seu grande sonho era a piscicultura, e foi atrás de realizar.

Ela conta que na época, tinha poucos produtores de peixe. Conseguiu  ajuda de um vizinho criador de  tambaqui que a orientou buscar assessoria da engenheira de pesca da Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), Maria Mirtes. Após a visita da engenheira de pesca, construiu dois tanques pequenos, colocou quatro mil alevinos, e após 11 meses, os peixes com mais de três quilos, vendeu toda sua produção para Manaus, e assim com o lucro e mais empréstimo de R$ 92 mil, por meio do  Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), construiu mais 10 represas.

Logo que foi informada pela equipe da  (Seagri) e Emater que o Governo do Estado estava incentivando os pequenos produtores rurais através de suas agroindústrias de piscicultura com inclusão do peixe processado, ou in natura, no mínimo duas vezes por semana na alimentação da rede pública estadual de ensino, não pensou duas vezes,  se animou e pegou mais um empréstimo de R$ 140 mil para construção de duas  agroindústrias, peixe e frango.

Atualmente, com 12 tanques, produz em média 20 toneladas de tambaqui por ano, e passou a criar frango, produção de 8,4 mil ano. Detalhe, ela conseguiu se livrar dos atravessadores, não vende mais para Manaus, e toda sua produção é vendida na feira de Jaru,  mercados e atende as escolas municipais.

14375332_10206922761567087_2000921144_o

Produção de aves também deve ser aumentada

Já na fase final da construção das agroindústrias, ela afirmou para a secretária adjunta da Seagri, Mary  que vai triplicar a produção de peixe e dobrar a de frango. “Além de melhorar nossa renda, vamos melhorar a qualidade de vida de muita gente aqui, gerando emprego e renda na área rural”, ressaltou, ao contar que atualmente além dela e o marido, emprega mais quatro pessoas e o projeto é aumentar o número de empregos.

“Vivi minha vida toda na área rural. É a primeira vez que o governo do Estado investe no pequeno produtor, me sinto valorizada e satisfeita com minha produção”, agradece a produtora.

Investimentos na ordem de R$ 4,6 milhões anuais já estão disponibilizados no tesouro do Estado para serem aplicados na aquisição de pescado nas refeições dos 230 mil alunos das 440 escolas urbanas e rurais do estado de Rondônia, capitaneadas pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Mary explica que a ideia do governador Confúcio Moura é garantir mercado, agregar valores no produto do agricultor, oferecendo uma alimentação saudável aos alunos da rede estadual e permanência do  produtor  no campo com qualidade de vida.


Fonte
Texto: Suelly David
Fotos: Suelly David
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Água, Assistência Social, Brasil, Capacitação, Comunicação Interna, Distritos, Ecologia, Economia, Educação, Empresas, Entrevista, Governo, Habitação, Inclusão Social, Indústria, Informativo, Infraestrutura, Interno, Legislação, Lei da Informação, Meio Ambiente, Municípios, Piscicultura, Rondônia, Serviço, Servidores, Sociedade, Solidariedade, Tecnologia, Terceiro Setor


Compartilhe