Governo de Rondônia
Sábado, 21 de setembro de 2019

PLANO ESTRATÉGICO

Plano Estratégico prevê melhoria nos serviços prestados à população

26 de agosto de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

A implantação do Plano Estratégico visa a melhoria prestação de serviços à população e ao desenvolvimento do Estado

Focado num projeto inovador de governança pública capaz de modernizar e melhorar o desempenho dos projetos e iniciativas da gestão pública estadual, o Governo de Rondônia lançará nos próximos dias o seu Plano Estratégico (PE) com centenas de ações para os mais variados setores, muitas das quais já inclusas no Plano Plurianual (PPA).

O governador Marcos Rocha, que orientou e teve participação direta no processo de elaboração do Plano, é certamente o maior entusiasta do projeto, que destaca a importância de se ter objetivos claros, do lugar de partida e de onde se pretende chegar. O governador chegou a ser didático ao afirmar que no âmbito da Administração Pública Estadual, o PE é uma síntese do pensamento do gestor e da sociedade, eis que resume em seu conteúdo o propósito da gestão, mostrando presente e futuro, com o detalhamento pertinente do modelo projetado que se pretende atingir.

O PLANO ESTRATÉGICO

Importa observar que é exigência do mundo globalizado não só o emprego de tecnologias da informação que dinamizam os processos de gerência e desenvolvimento, mas também, e principalmente, modelos de gestões modernos que conjuguem bem o interesse público com ações que gerem os melhores resultados. Neste ponto o Plano Estratégico é um instrumento da gestão, um processo gerencial que funciona como um ponto de partida para todas as ações que o órgão ou poder realizará ao longo de um período para chegar à visão de futuro almejada com maior grau de acerto.

O PE é, pois, um projeto completo e acabado, que não se ocupa apenas de um conjunto de ações executivas para dinamizar setores como educação, saúde, estradas, setor primário produtivo (industrial e agropecuário), etc, vez que ele também é um instrumento da gestão que ajuda administrar tempo, recursos e até energia para alavancar os projetos executivos, que geralmente são aqueles que integram a relação dos prioritários, com maior grau de interesse público – desejo da cidadania.

AÇÕES MAIS RELEVANTES

Com segurança é possível afirmar que um bom planejamento impulsiona a instituição na direção correta, auxiliando para que ela possa antecipar-se às ameaças e fazer um diagnóstico de oportunidades e melhorias. Fundamentado nesta assertiva e com a expectativa de atingir os melhores resultados na execução de seus projetos e iniciativas, o Governo de Rondônia alinhou em grau de prioridade em seu PE, sete Eixos Estratégicos, detalhados com um conjunto de ações consideradas essenciais para a gestão, que quer ver implementadas, gerando os resultados de sua propositura.

São Eixos basilares do Plano Estratégico do Governo de Rondônia, os modelos de “Estratégia e Gestão”, “Cidadania”, “Meio Ambiente e Desenvolvimento Territorial”, “Educação”, “Saúde”, “Segurança Pública” e “Desenvolvimento Econômico 1 e 2”, que receberão toda atenção, recursos operacionais, técnicos e o incentivo do Governo do Estado para sua consecução.

 

Para o governador Marcos Rocha, o esforço do Governo Estadual em desenvolver e implementar um Plano Estratégico factível e de resultado, visa a modernização e a melhoria o conjunto de seus atos, que resulta, por consequência, no aumento da eficiência e qualidade da prestação de serviços públicos à população e no próprio desenvolvimento do Estado.

Leia mais:

Executivo discute eixos estratégicos para ampliar competitividade rondoniense no cenário nacional


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Economia, Evento, Governo, Rondônia


Compartilhe