Governo de Rondônia
Segunda, 03 de agosto de 2020

POLICIA

Polícia Civil de Rondônia orienta a população sobre novo golpe aplicado por estelionatários no Estado

01 de agosto de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

A Policia Civil do Estado de Rondônia orienta as pessoas quanto poder de convencimento e destreza do golpista

A Polícia Civil, através da delegacia de Ouro Preto do Oeste, alerta à população e, principalmente, os advogados e seus clientes, sobre um novo golpe que vem sendo praticado em Rondônia. “Há indícios de que quadrilhas de estelionatários têm acessado processos judiciais eletrônicos de terceiros a fim de obter dados pessoais e informações sobre processos em andamento, com o intuído de enganar os clientes, utilizando-se dos mais variados argumentos,” explica o delegado titular de Ouro Preto do Oeste, Niki Alves Locatelli. 

O delegado descreve que em um dos casos, a vítima estava sendo processa por uma dívida bancária e o golpista entrou em contato alegando ser advogado do banco, enviando-lhe uma proposta de acordo para quitar a dívida. A dívida que era de 100 mil reais, seria reduzida para 70 mil, devendo ser pago com uma entrada de 5 mil reais e o restante parcelado em 60 vezes. A proposta foi enviada pelo estelionatário em forma de petição, como se de fato fosse advogado do banco.

“Embora o advogado da vítima tivesse pedido para ela não pagar o boleto até que o acordo fosse confirmado judicialmente, o estelionatário convenceu a vítima a pagar, alegando que o prazo do boleto e do acordo eram de apenas um dia e que se não fosse pago, o acordo não poderia ser feito novamente. Após o pagamento, o estelionatário bloqueou o telefone da vítima e então o golpe foi constatado,” revela o delegado. 

Segundo Niki Alves Locatelli somente em Ouro Preto do Oeste pelo menos duas vítimas caíram no golpe e outras foram procuradas pelos estelionatários conseguiram evitar que a fraude se concluísse. “Infelizmente, por estarem envergonhadas, as vítimas não quiseram representar criminalmente em desfavor dos criminosos, para que a investigação pudesse avançar, mas o modus operandi da quadrilha foi detalhado à polícia que vêm orientar a população a fim de outros golpes não aconteçam”, esclarece o delegado Niki Alves Locatelli.  

Além disso o delegado ressalta que não existe grupos mais vulneráveis a caírem nos golpes, pois a forma como a fraude se materializa, com alto poder de convencimento e destreza do golpista, é capaz de enganar qualquer pessoa que esteja desatenta e sem o assessoramento devido. “A Polícia Civil orienta a população, a sempre procurar seu advogado legalmente constituído antes de realizar quaisquer pagamentos ou acordos fora dos processos em andamento, uma vez que é imprescindível a orientação técnica na fase processual a fim de evitar fraudes”, orienta o delegado Niki Alves Locatelli.

Leia mais:

 Polícia Civil de Rondônia continua investigação para buscar mais envolvidos que fraudavam documentos de servidores públicos

 Polícia Civil de Rondônia alerta sobre golpe do motoboy e orienta população como não cair na fraude

 Polícia Civil deflagra Operação Olhos de Águia em Porto Velho


Fonte
Texto: Dhiony Costa e Silva e Elinaldo Bonfim
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Governo, Justiça, Municípios, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe