Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

Carnaval

Policiamento para carnaval fora de época está definido

02 de julho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

As pessoas que vão participar do carnaval fora de época devem evitar excessos com bebida alcoólica e evitar dirigir veículos sob efeito de bebidas. A recomendação é do tenente coronel PM Sérgio Nunes Monteiro, comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar – 1º BPM, que tem jurisdição sobre 13 bairros da capital. Segundo ele, serão mobilizados 160 policiais em cada um dos quatro grandes desfiles previstos para acontecer  nas Avenidas Pinheiro Machado e Jatuarana, e no Bairro Areal.

Cel. PM Nunes,

Cel. PM Nunes Monteiro, comandante do 1° Batalhão da PM

O 1º BPM será o responsável pelo policiamento feito nas ruas por onde acontecem os desfiles e iniciam sempre uma hora antes da saída do cortejo. O policiamento é complementado pelo Comando de Abordagem, que atua fazendo barreiras para impedir que foragidos, pessoas com armas e drogas cheguem aos pontos de concentração dos blocos.  Há ainda o Policiamento de Trânsito, que é o responsável por fiscalizar para que a área por onde os blocos passam não sejam invadidos por veículos automotores.

Efetivo

O  Carnaval Fora de Época, que inicia nesta quinta-feira (03), vai mobilizar, segundo o tenente coronel Nunes, 160 homens em cada um dos desfiles que acontecerão nos ‘corredores’ das Avenidas Pinheiro Machado, Jatuarana e Bairro Areal, além dos efetivos do Policiamento Tático e de Abordagem, e da Polícia de Trânsito.  O planejamento inclui, ainda, um grupo que vai atuar apenas na dispersão do desfile.

O primeiro desfile do Carnaval Fora de Época acontece na quinta-feira, com o Galo da Meia Noite, que tradicionalmente percorre a região conhecida como Circuito Pinheiro Machado. Segundo o comandante do 1º BPM, uma das características deste bloco é o baixo índice de ocorrências. “São pessoas com perfil diferenciado e o consumo de bebidas é menor por conta do horário”, explica.

Perfis

Comandante Nunes explica ação nos bairros

Comandante Nunes explica ação nos bairros

Os blocos Banda do Vai Quem Quer , e os que desfilam na Avenida Jatuarana e Bairro Areal têm público mais jovem, iniciam a concentração mais cedo e recebem muitos adolescentes. Estes aspectos resultam em número maior de ocorrências, segundo o tenente coronel Nunes.  Os registros mais comuns são relativos ao consumo de bebidas alcoólicas e brigas. Nestas ocasiões, há o risco de situações simples se complicarem quando os presos ou seus familiares reagem.

Presos

Os presos durantes o desfile dos blocos serão encaminhados para triagem e, em seguida, dependendo da situação, encaminhados para a Central de Flagrantes para as medidas previstas em lei, ou para a 1ª ou 2ª Delegacias de Polícia, quando o crime for de menor potencial ofensivo.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cultura, Evento, Lazer, Polícia


Compartilhe