Governo de Rondônia
Segunda, 17 de maio de 2021

SEGURANÇA

Policiamento reforçado para evitar furtos nas casas dos desabrigados

25 de abril de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

A possibilidade da ocorrência de furtos nas residências que foram desocupadas durante a enchente do rio Madeira levou a Defesa Civil Estadual a definir, com os organismos de segurança pública, a intensificação do policiamento nos bairros afetados. A medida será adotada como ação preventiva aos crimes que podem acontecer a partir da baixa das águas. Durante reunião diária de avaliação e programação de ações, também foi decidida a agilização da limpeza e preservação do patrimônio daABRIGO Estrada de Ferro Madeira Mamoré, que também foi atingido pelas águas.
Outra conclusão da Defesa Civil Estadual é que deve ser iniciada imediatamente a limpeza e manutenção das casas das famílias que ficaram alagadas na região do Baixo e Médio rio Madeira. Também será feito o levantamento de atuais necessidades das famílias e mantida a distribuição de água e cestas básicas.

Gestão

O Abrigo Único, montado no Parque de Exposições, onde estão 107 famílias que precisaram sair de suas casas durante a enchente passou a ser administrado pelo município de Porto Velho. Mas a Defesa Civil Estadual continua prestando apoio à nova administração através do tenente bombeiro Clivton Rodrigo Carvalho Reis.
Nesta semana, a alimentação no Abrigo Único passou a ser servida na forma de bufê, pois, segundo análise dos gestores, atende de melhor aos abrigados. Até então, eram distribuídas marmitas individuais.
O abrigo já dispõe de academia de ginástica e a partir de agora contará também com um professor de educação física para acompanhar as atividades.
Entre as providências tomadas para melhorar o atendimento às famílias também está a destinação de um grupo de garis, que se revezará em turnos regulares para fazer a limpeza entre as barracas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Arquivo Decom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Habitação, Rondônia


Compartilhe