Governo de Rondônia
Sábado, 30 de maio de 2020

COVID-19

Politec mantém serviços essenciais com revezamento de servidores nos laboratórios forenses

06 de abril de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

Apenas dois servidores trabalham em cada laboratório no sistema de revezamento

Seguindo a determinação de prevenção e enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19, de acordo com o novo Decreto nº 24.919 de 5 de abril de 2020, que mantém o estado de calamidade pública e prorroga o período de isolamento social, a Superintendência de Polícia Técnico-Científica de Rondônia (Politec) tem restringido atividades e trabalhado em regime de revezamento entre as equipes.

Segundo a diretora adjunta da Politec, Ana Júlia Frazão Paiva, os exames externos estão sendo atendidos normalmente, com redobradas medidas de segurança. “No ano passado nós havíamos iniciado a aquisição de EPIs para todas as unidades, e todos já foram distribuídos. Na última semana a Sesdec disponibilizou novo quantitativo para mantermos o nosso funcionamento com segurança”, declarou.

Para evitar aglomerações, a diretora explicou que os laboratórios forenses estão adotando o revezamento dos analistas e o exames que podem aguardar só serão realizados após o período de pandemia.

 

“O recebimento de materiais está restrito aos vestígios que possam perecer e drogas, pois assim também evitamos aglomeração e a circulação de policiais”, completou.

 

A digitação de laudos está sendo feita pelas equipes em home office, e as viagens não operacionais (atendimentos periciais) foram suspensas. Os servidores com mais de 60 anos estão trabalhando em suas casas, assim como os que viajaram nesse período. “Essas medidas servem para resguardar os servidores e evitar baixas que possam implicar na suspensão dos serviços. Os exame de DNA estão todos mantidos em esquema de revezamento para que não fiquem mais de dois servidores no mesmo ambiente”, enfatizou Ana Júlia.

A adjunta explicou ainda que a Politec não tem atendimento direto ao público, sendo os principais “clientes” são as Polícias Civil e Militar, o Ministério Público, o Tribunal de Justiça, e o que ainda acontece de atendimento ao público externo são exames de chassis, de veículos suspeitos de adulteração ou laudos de acidentes de trânsito.

“Estes que não são essenciais realmente estão suspensos para resguardar os servidores. Nós já recebemos muito material das delegacias e teríamos muita circulação de pessoas se mantivéssemos esse atendimento do público externo nessas circunstâncias de retirada de laudos. Obviamente, em função do revezamento, os laboratórios estão trabalhando de maneira mais lenta, mas todos os que são prioridade estão sendo realizados e, à medida em que pudermos voltar ao trabalho sem o revezamento, daremos celeridade aos resultados”.

Leia Mais:

 Governo de Rondônia mantém estado de calamidade pública; saiba o que funciona e conheça as restrições

 Governador pede que população reforce medidas e anuncia que 7 dos 14 casos confirmados de coronavírus estão recuperados

 


Fonte
Texto: Vanessa Farias
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Polícia, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores


Compartilhe