Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

ECONOMIA

Portal do Agronegócio fortalece produção do Sul de Rondônia

02 de setembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Produtora que fornece ovos ao Programa de Aquisição de Alimentos

Produtora Alete Pimenta, que fornece ovos ao Programa de Aquisição de Alimentos

O 1º Portal do Agronegócio, aberto no município de Vilhena nesta sexta-feira (2), dura apenas dois dias e tem como proposta a difusão de tecnologia de ponta para pequenos e grandes produtores rurais. O evento produziu, ainda, momentos inesquecíveis para pessoas como João Soares Pires, que recebeu o título de sua pequena propriedade; e Arlete Pimenta Bregio, beneficiada pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), por vender ovos para que o governo atenda instituições sociais.

Tudo o que está relacionado à agricultura e pecuária está representado no portal, que está  instalado na sede social da Associação Comercial e Empresarial de Vilhena, setor Chacareiro. Os estandes têm sementes, mudas, equipamentos agrícolas, além de veículos pesados e de passeio.

Os produtos da agricultura familiar também são vistos nas barracas montadas com carinho. É a oportunidade de mostrar o que cada um faz para tornar Vilhena e os e municípios vizinhos uma das regiões mais prósperas do estado.

O grande acontecimento é que o portal tem espaço também para o artesanato com suas diversas vertentes e a determinação em fazer da região que mais produz grãos no estado um importante polo turístico.

Nas palestras ministradas no auditório, as técnicas capazes de potencializar as riquezas atraem gente simples, principalmente.

O vice-governador Daniel Pereira é  morador da região. Nas conversas com produtores e no discurso que fez destacou que desenvolveu parte de sua trajetória profissional no município de Colorado do Oeste, próximo a Vilhena.

Daniel Pereira parabenizou os organizadores do evento e anunciou, entre muitos aplausos, que faz parte da equipe governamental que negocia alternativas para baratear os gastos que o produtor agrícola faz com fertilizantes e uma delas é a instalação de um misturador dos componentes em Porto Velho.

Outra novidade revelada é o início de negociações para que uma fábrica de leite em pó, pretendida por empresários peruanos, venha para Rondônia.

Evento acontece nesta sexta e sábado, em Vilhena

Evento acontece nesta sexta e sábado, em Vilhena

O senador Valdir Raupp, o prefeito José Rover, o secretário estadual da Agricultura, Evandro Padovani, estavam entre as autoridades que participaram da abertura do portal. Na ocasião, o presidente da Aciv, Elói Maria, defendeu o estabelecimento de uma rota, na BR 174, até o município de Juína (MT) vizinho de Vilhena.

Segundo o secretário Padovani, existe determinação do governador Confúcio Moura para que a Seagri e a Emater unam-se a parceiros para que não falte tecnologia ao homem do campo. Num estado cuja vocação para a produção de alimentos é conhecida, ampliar os horizontes produtor é fundamental.

Por isso, como definiu Daniel Pereira, o evento já nasceu fazendo sucesso. “E se repetirá todos os anos”, arrematou o secretário Padovani.

Agricultores inscritos no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) levaram para o Portal do Agronegócio o resultado de seu trabalho na agricultura familiar. Neste sistema, a produção é comprada pelo estado e vai para instituições cadastradas. É mais prático, desburocratizado e garantido.

José Aparecido, da Linha IQ, era só sorrisos quando falou sobre o programa do governo estadual. “Bom demais, né? A venda é garantida, e posso me concentrar em ampliar a plantação”, disse quando levou cerca de 200 quilos de abacaxi.

Arlete Pimenta Gregio vende ovos. “Aqui tem uns 30 quilos. O PAA ajuda muito”, disse.

Segundo o secretário Padovani, os recursos para este programa vêm do governo federal, mas houve redução no último ano. “Nos esforçamos para não falhar com os produtores já inscritos”, explicou.

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Assistência Social, Rondônia


Compartilhe