Governo de Rondônia
Segunda, 23 de outubro de 2017

LICITAÇÕES PÚBLICAS

Pregão eletrônico representa 91% do total de modalidades em licitações efetuadas pela Supel em seis anos

03 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Confúcio Moura defendeu a qualificação dos servidores da Supel.

Confúcio Moura defendeu a qualificação dos servidores da Supel.

O pregão eletrônico representa 91% de todas as modalidades de licitações efetuadas pela Superintendência Estadual de Licitações (Supel) no período de seis anos (2011-2016), de acordo com Relatório Geral de Licitações apresentado na manhã desta  quarta-feira (3) pelo superintendente Márcio Rogério Gabriel ao governador Confúcio Moura e a funcionários do órgão.

Esta é uma modalidade que se destaca como uma das mais transparentes e seguras para compras na administração pública. É realizado por meio da internet, onde pode participar qualquer empresa interessada, em qualquer lugar do Brasil ou do mundo, no caso das licitações internacionais. Como participam mais concorrentes, resultam em economia para o erário, explica Márcio Gabriel.

Foram conduzidos pela Supel, no período, 4.409 procedimentos licitatórios, dos quais 3.430 pregões eletrônicos.  Do total de certames realizados em 2016, pelo menos 563 processos foram finalizados com êxito, uma taxa de 90,7%, superando a do ano anterior, que foi de 89,2%.

Segundo Márcio Gabriel, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) vem liderando o maior número de licitações, seguida do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER)/Fundo de Habitação, Transportes e Infraestrutura (Fihta) e Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Respectivamente, o total de licitações envolvendo estes órgãos foram 1.116, 732 e 494 procedimentos entre 2011 e 2016,  e somente no ano passado as três instituições foram responsáveis por R$ 333,335 milhões, o que equivale a aproximadamente 56% do total adjudicado em 2016.

Marcio Gabriel explicou que em 2016 o valor estimado das licitações ocorridas, que resultam da cotação de preços, atingiu R$ 797 milhões, mas o valor adjudicado, resultado da licitação efetivamente concluída, chegou a R$ 692 milhões, gerando uma economia de R$ 195 milhões (24, 45%).

Implantado em 2011, o Relatório Geral de Licitações, segundo o superintendente, apresenta um panorama realista, baseado em dados consolidados de todos os procedimentos conduzidos pela Supel em cada exercício financeiro.

Antes disso, segundo Márcio, não havia dados estatísticos sobre licitações feitas pelo governo estadual. Em 2012, o relatório, que é elaborado pela Gerência de Controle Interno,  foi selecionado como destaque nacional no 16º Prêmio do Congresso de Informática e  Inovação em Gestão Pública (Conip).

Relatório foi apresentado pelo superintendente da Supel, Márcio

Relatório foi apresentado pelo superintendente da Supel, Márcio Gabriel

Depois do pregão eletrônico, as modalidades que mais se sobressaíram foram a tomada de preço, pregão presencial, convite, concorrência e Regime Diferenciado de Contratação (RDC). No período, do total de 4.409 licitações,  3.832 obtiveram êxito, 60 foram revogadas, 45 anuladas, 317 fracassaram e 155 deram deserta.

A média de licitações vencidas por pequenas empresas no período analisado é de 34,22%. “É uma tendência que tende a se perpetuar, pois recentemente o senhor governador [Confúcio Moura] assinou um decreto remodelando benefícios para empresas de pequeno porte”, disse Márcio.

Após ouvir a exposição e receber o documento, o governador Confúcio Moura disse que é preciso consolidar ainda mais a  Supel, expressando reconhecer a necessidade de mais um concurso público, e  manifestando o desejo de que os próximos governos continuem este trabalho, investindo na formação e qualificação dos servidores.

“Pela natureza do trabalho da Supel é preciso isso para que se tenha a memória do órgão. Normalmente os governadores ao chegar exoneram todo mundo que é comissionado, treinado para este trabalho, e para voltar demora uns seis meses, até que o governante veja que é pessoa habilitada”, declarou, fazendo algumas perguntas a respeito de licitações e parabenizando o trabalho dos servidores.

Leia mais:
Micro e pequenos empresários de Rondônia vão receber aviso de licitação por e-mail
FGV apresenta resultado da metodologia de pesquisa de preços que irá gerar banco de dados para o governo de Rondônia  
Rondônia realiza primeiro pregão presencial internacional para compra de aeronave que irá reforçar operações do Corpo de Bombeiros


Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Edital, Empresas, Governo, Rondônia, Servidores


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube
YouTube