Governo de Rondônia
Domingo, 09 de dezembro de 2018

DESTAQUE

Prêmio Boas Ideias vai pagar prêmio de R$ 13 mil aos vencedores nas categorias servidor público e população

04 de setembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

 

Confúcio Moura diz que o concurso produz novas ideias para o futuro do estado

A quarta edição do prêmio Boas Ideias, do governo de Rondônia, oferece prêmio de R$ 13 mil ao primeiro colocado em duas categorias, além de deixar contribuições para modernizar o estado. O concurso deste ano foi lançado, nesta segunda-feira (04), no Palácio Rio Madeira, pelo governador Confúcio Moura.

Os três concursos anteriores frutificaram e ofereceram proposta inovadoras, segundo Rosana Cristina Souza, superintendente de Assuntos Estratégicos, do governo de Rondônia.

“O governador queria a participação popular há muito tempo, mas não tínhamos os meios necessários para esta abrangência”, disse ela no Salão Nobre Rosilda Shockness, onde estavam populares e servidores públicos, o público alvo do concurso.

Neste ano, as categorias se dividem em Servidor Público e População.

Os temas são diferentes para cada categoria, mas o valor do prêmio é o mesmo para ambos: R$ 13 mil para o primeiro colocado, R$ 8 mil para o segundo e R$ 6 mil para o terceiro classificado. Os vencedores serão anunciados e premiados em dezembro deste ano.

Segurança Pública é o tema da categoria População. Rosana Souza citou o Artigo 144 da Constituição Federal para explicar a relevância da população. “A segurança pública é dever do estado e responsabilidade de todos”, acentuou para argumentar que o governo conta com as propostas populares. Para participar, o concorrente precisa ter idade a partir de 18 anos e residir em Rondônia.

Na categoria Servidor Público os projetos devem tratar de Comunicação Interna. Participam servidores da administração direta e indireta, inclusive os cedidos ao poder executivo, os que exercem cargos comissionados e estagiários.

Clique aqui para inscrever a sua ideia.

O concurso, segundo Confúcio Moura, é uma prova de que os governos não conseguem realizar tudo o que se propõem sem ajuda da sociedade.

O governador disse que uma professora de Vilhena, vencedora de uma das edições do Boas Ideias com um projeto que utiliza sucatas num sistema que facilita o ensino para portadores de deficiência visual abandonou o projeto. Mas foi localizada. “Agora, ela agora está no município de Colorado do Oeste e recebe incentivo do estado para continua suas pesquisas.”

Segundo Confúcio, do servidor público são esperadas propostas que contribuam para que as informações circulem melhor, inclusive informando sobre o que o próprio governo realiza.

Sobre o tema Segurança Pública, que é aberto à população, o governador disse que a sociedade em geral pode contribuir para indicar caminhos para superar o problema, que afeta famílias de todo o país.

O envolvimento da população na formulação de inovações, para Confúcio, ajuda a preparar o estado para o próximo governador. O prêmio em dinheiro, segundo ele, é um bom atrativo. “Ajuda bastante”, afirmou antes de desejar boa sorte aos concorrentes.

Durante a cerimônia, Daniel Pereira, vice-governador do estado, disse que o evento foi o terceiro do qual participou em que modernização do setor público se destaca.

Leia mais:

 Projeto que oferece livros didáticos em aplicativo leva Prêmio Boas Ideias 2016; servidor ganhou R$ 13 mil

 


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Capacitação, Evento, Governo, Rondônia, Segurança, Servidores, Sociedade


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube