Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

MELHORIA DO SUS

Profissionais da saúde debatem escuta qualificada durante Oficina das Redes de Atenção Básica no Vale do Jamari

27 de maio de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Oficina foi realizada no auditório do Tribunal de Contas, em Ariquemes

Oficina foi realizada no auditório do Tribunal de Contas, em Ariquemes

Mais de 200 profissionais de saúde, entre técnicos, médicos e gestores da região do Vale do Jamari, participaram da 1ª Oficina de Redes de Atenção Básica realizada no início desta semana pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsau) de Ariquemes com o apoio do governo do Estado, no auditório do Tribunal de Contas, em Ariquemes.

O evento teve como objetivo efetivar o elo entre a saúde municipal, regional e estadual para fortalecer as Redes de Atenção Básica e, consequentemente, aprimorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre as palestras, foi abordado o tema “O Poder da Escuta Qualificada na Ouvidoria e na Perspectiva do Acesso e  Acolhimento em Saúde”, como ferramenta de gestão para institucionalizar um trabalho de transformação que possibilite o encaminhamento de soluções mais eficazes e eficientes à assistência à saúde.

Ao proferir a palestra  sobre o poder da escuta qualificada na perspectiva do acesso e  acolhimento em saúde, a doutora em saúde coletiva, Rosani Alves, disse que se trata de um dispositivo da política nacional de humanização, um fator de comunicação importante para o processo de trabalho de saúde e gestão.

Ela afirmou que a oficina foi muito positiva e espera que as informações obtidas pelos participantes os levem à reflexão sobre o processo de trabalho com vista a uma maior resolutividade das ações e serviços eficazes à população em tempo hábil.

Para a ouvidora do SUS em Ariquemes, Márcia Regina Silveira, que abordou o tema “Escuta qualificada na Ouvidoria”, o dispositivo possibilita a população participar do processo do serviço de saúde e contribui para melhorar o atendimento do SUS. “É um espaço de cidadania, onde o que vale é a opinião do cidadão”, definiu.

A gerente regional de Saúde, Eliane Pinto, explicou que a experiência oportunizou a reflexão sobre o sistema de saúde, os problemas e a importância de mudar o modelo de atenção para atender às necessidades de saúde da população e melhorar o resultado desse sistema. Ainda segundo Eliane, outros eventos serão realizados.

O evento contou ainda com a participação do apoiador do Ministério da Saúde, Ubirajara Mota; do cônsul de Cuba que acompanha os trabalhos do Programa Mais Médicos no Brasil, Alexei Bouce; e vários profissionais da saúde que colaboram com várias explanações temáticas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Suelly David
Fotos: Diretoria de Comunicação - PMA
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Governo, Inclusão Social, Rondônia, Saúde


Compartilhe