Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO

Programa Aluno Digital recebe mais estudantes a partir de março em escolas do interior e de Porto Velho

21 de fevereiro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Programa foi lançado em 2016

Programa foi lançado em 2016

Cinco escolas da rede estadual de Rondônia ativarão novamente no atual ano letivo o Programa Aluno Digital, que beneficia aproximadamente 1.800 alunos e deverá incorporar mais 904 a partir de março. Eles farão provas pelo computador, seus pais terão acesso às notas, presença, rendimento e resultados obtidos.

Agora vinculado ao Centro de Mídias da Diretoria Geral de Educação na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), esse programa permite a educadores e educandos acesso à internet wi-fi e a todas as informações e conhecimentos educacionais, culturais, históricos, socioeconômicos e políticos do País e do mundo.

Bem recebido em 2016, o programa beneficia a maioria de alunos que ate então usavam telefones celulares para elaborar trabalhos em diversas disciplinas.

Ouras escolas estaduais serão atendidas ainda neste ano, conforme informou a técnica administrativa Mônica Willene, do Programa Aluno Digital.

“Não é intenção da Seduc premiar escolas, porém, levantar cuidadosamente o Ideb [Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico] e do Enem [Exame Nacional do Ensino Médio”, explicou.

Na opinião da técnica, esta ferramenta “veio para somar”, a exemplo do que ocorre em Pernambuco, onde o governo do estado adquiriu mais de 400 mil netbooks e os colocou em rede.

“O aluno permanece três anos com o netbook, como se ele fosse um dos seus livros didáticos, e na verdade é; o aparelho baixa aplicativos, pode ser levado para casa, onde o aluno faz a tarefa, e é rastreado pelo sistema anti-furto”, disse Mônica.

Na linguagem acadêmica e administrativa, a inclusão de alunos ao programa promove o que se denomina emponderamento da tecnologia também na educação. Ou seja, a ação social coletiva de participação em debates que ampliam a conscientização sobre direitos sociais e civis.

“Em 20 anos, se quiserem, esses alunos poderão cuidar do estado e nós seremos os governados. O governador Confúcio Moura vem alertando para a necessidade de investimentos em tecnologia na educação e em 2017 seguirá fazendo isso”, acrescentou a técnica.

 ESCOLAS BENEFICIADAS

Por enquanto, o Programa Aluno Digital atende aos seguintes estabelecimentos estaduais de Ensino Médio e Fundamental:
● Escola Carmem Ione, em Ariquemes.
● Escola Murilo Braga, em Porto Velho.
● Escola Major Guapindaia, em Porto Velho.
● Escola Marcos Bispo, em Ji-Paraná.
● Escola Padre Mário Castagna, em Porto Velho.
● Escola Risoleta Neves, em Porto Velho.
● Escola Villa-Lobos, em Ariquemes.
● Escola Raimundo Barbosa, em Pimenta Bueno.

 

SAIBA MAIS
Seduc distribuiu mais de 4mil netbooks a escolas
Alunos se integram à maior tecnologia de comunicação
Netbooks auxiliam alunos em trabalho de pesquisa
Alunos da rede estadual se destacam com projetos de cultura digital


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Distritos, Educação, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe