Governo de Rondônia
Sábado, 06 de março de 2021

ALIMENTAÇÃO

Programa de Aquisição de Alimentos começa a adquirir produtos da agricultura familiar em Porto Velho

31 de agosto de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que promove acesso a alimentos às populações em situação de insegurança alimentar e a inclusão social e econômica no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar, teve a abertura das compras nessa terça-feira (30), na Feira do Produtor Rural, em Porto Velho.

PAA-01

Mary Braganhol explica convênio com o governo federal que beneficia os 52 municípios rondonienses

O PAA permite a aquisição de alimentos de agricultores familiares com dispensa de licitação a preços compatíveis aos praticados no mercado. Os produtos são destinados a ações de alimentação empreendidas por entidades da rede socioassistencial, equipamentos públicos de alimentação e nutrição, como restaurantes populares, cozinhas comunitárias e bancos de alimentos, escolas, associações e para famílias em situação de vulnerabilidade social.

Mary Braganhol, secretária adjunta estadual de Agricultura, disse que o convênio com o governo federal, no valor de mais de R$ 9 milhões, é destinado à aquisição de alimentos em todos os 52 municípios de Rondônia, e que Porto Velho, incluindo distritos, recebe R$ 1 milhão do montante.

“Nessa terça-feira foi iniciada a compra na capital. Os produtores trouxeram as mercadorias e as entidades compradoras se organizaram por meio do Mesa Brasil – Programa do Serviço Social do Comércio (Sesc)”, disse Mary Braganhol.

O secretario municipal de Agricultura e abastecimento, Leonel Bertolin, enfatizou a importância do programa. “Nossos produtores rurais familiares estavam ansiosos por este momento, pois o PAA é um grande parceiro na compra de seus alimentos. A prefeitura de Porto Velho, por meio da Semagric, está transportando todos os alimentos para que nenhum produtor cadastrado fique sem vender”, afirmou.

O presidente da Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), Francisco  Coutinho – o Chiquinho-, falou da participação direta da entidade, que faz contato direto com todos os produtores rurais do estado, por meio dos seus escritórios regionais, levando a assistência técnica e o apoio especialmente aos agricultores familiares. “Estamos inovando e qualificando o agronegócio do micro e do pequeno produtor, nosso bem mais precioso”.

Keila Tunes, nutricionista e coordenadora do programa Mesa Brasil em Rondônia, explicou que o PAA chegou em boa hora. “Atendemos a mais de cinco mil entidades, mais de um milhão e meio de pessoas diariamente no Brasil, e estamos ampliando nossa rede de distribuição”, comemorou.

Nos outros 51 municípios do estado também já foram iniciadas as compras de alimentos por meio do PAA. O que não se produz em um município, é trazido de outros para que o abastecimento seja uniforme e equânime.

Mary Braganhol adiantou que, a pedido do governador Confúcio Moura, já está em estudo avançado a implantação de um centro de armazenamento em Porto Velho, com câmaras climatizadas, para que não se percam os produtos perecíveis. “E também para que o município possa aumentar o apoio aos produtores rurais familiares, responsáveis por mais de 80% de toda a produção da agricultura de Rondônia”, argumentou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Marco Aurélio Anconi
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Assistência Social, Distritos, Economia, Governo, Inclusão Social, Indústria, Infraestrutura, Legislação, Meio Ambiente, Piscicultura, Rondônia, Serviço, Tecnologia, Terceiro Setor


Compartilhe