Governo de Rondônia
Terça, 17 de setembro de 2019

INCLUSÃO SOCIAL

Programa de Trabalho Social motiva moradores do Capelasso em Ji-Paraná a melhorar qualidade de vida

05 de abril de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Francinelma Pinheiro diz identificar profissionalmente no ramo alimentício. 

O encerramento do Programa de Trabalho Social (PTS), na quinta-feira (4), no habitacional de interesse social Capelasso, em Ji-Paraná, provocou motivação e novos desafios aos participantes. Durante um ano os moradores participaram de cursos, palestras e várias ações com o objetivo de adaptação e apropriação comunitária vislumbrando a convivência em ambiente mais saudável.

A dona de casa Francinelma Pinheiro Silva declarou que o PTS serviu como exemplo e impulsionador para abertura de novos horizontes na vida da família dela. Operadora de caixa desempregada, Francinelma já se projeta como uma nova empreendedora no ramo de panificação. Ela participou de vários cursos ofertados durante o PTS e já tem um novo rumo para o sustento da família, composta pelo esposo e um filho de sete anos.

“Aprendi panificação e entendi direitinho como me tornar uma empreendedora. Meu plano de agora em diante é abrir o próprio negócio. Aprendi muito e sou grata ao governo estadual em proporcionar mecanismo como esse que só ajuda a pessoa a crescer na vida”, disse a moradora da rua Raimundo Dutra, no Capelasso, em testemunho na solenidade.

Para Ângela Costa a participação no PTS foi a realização de um sonho. “Aprendi muito. Me realizo ajudando outras pessoas”

O PTS contemplou os habitantes do Capelasso com uma variedade de cursos. O objetivo foi de envolver os beneficiários às novas formas organizativas individuais e coletivas com vistas a melhoria da qualidade de vida, com a ministração de cursos profissionalizantes, organização comunitária, educação sanitária e patrimonial, sustentabilidade, organização do orçamento familiar, empreendedorismo, geração de trabalho e renda, dentre outros.

Em pronunciamento de agradecimento, Ângela Adriana Costa afirmou que o PTS abriu as portas do sucesso e a tornou uma pessoa líder. “Teremos um bairro muito melhor”, sintetizou, referindo ao engajamento dela na comunidade por meio das reuniões realizadas no PTS direcionadas às mulheres e ao potencial gerencial feminino.

A cabeleireira Deise Barbosa Moraes assegurou que a qualificação é o primeiro passo para se tornar uma profissional bem-sucedida. “Amei o curso de cabeleireira. Não quero mais parar. Agradecer ao governo pela oportunidade oferecida é pouco pra gente, pois esse acolhimento social do PTS é fundamental para nossas perspectivas de futuro”, disse Deise, mãe de três filhos.

“O PTS estabelece respeito, esperança de dias melhores, esperança de emprego e renda”, disse a secretária adjunta da Seas Liana Lima

“O PTS é a cereja do bolo do habitacional formado exclusivamente por novos moradores, principalmente de baixa renda. É o momento em que a comunidade aprende a conviver e a prosperar”, disse a secretária estadual adjunta de Assistência Social Liana Lima, explicando que o PTS é um conjunto de ações em benefício dos moradores do residencial e entorno.

Ao representar o governador Marcos Rocha o vice-governador José Jodan destacou a participação de 320 pessoas nos 21 cursos ministrados durante o PTS e a colocação imediata no mercado de trabalho de 27 pessoas. “Esse PTS é um exemplo a ser seguido em outros residenciais de interesse social, pois eleva a comunidade em vários aspectos”, ressaltou José Jodan, dando ênfase ao empreendedorismo despertado em várias pessoas do Capelasso.

Os 800 imóveis do residencial Capelasso foram entregues às famílias em outubro de 2017. As casas são de dois quartos, banho social, sala e cozinha conjugadas e área de serviço externa. Todos os imóveis dispõem de energia solar. O bairro conta com infraestrutura elétrica, água potável, asfaltos, calçadas e sarjetas. Os moradores desfrutam de seis parques infantis, quatro quadras poliesportivas, praças, uma creche e duas escolas (ensinos infantil e fundamental).

Os cursos do PTS foram ministrados pelo Sistema “S” (Sesi, Senai, Senac) em parceria com os governos estadual e federal por meio dos programas de habitação, respectivamente, Morada Nova e Minha Casa Minha Vida.

Além da comunidade do Capelasso, participou da solenidade a gerente regional da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Luzia Rossi; o secretário regional de governo, Everton Esteves; a professora Márcia Regina representou a secretária municipal de Educação, representantes do Sistema “S” e a secretária adjunta da Secretaria Municipal de Assistência Social, Lidiane Tanazildo, afirmando que “o PTS é importante no início do novo conjunto habitacional e traz um olhar diferenciado às famílias no que diz respeito a sociabilidade, empreendedorismo, cursos, entre outras ações não menos importantes”.

 

Leia mais:

 Emater vai apresentar seis variedades de capim durante a 8ª Rondônia Rural Show em Ji-Paraná

 Ji-Paraná sediará as modalidades individuais dos Jogos Escolares de Rondônia em outubro


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Antônio Lucas
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Capacitação, Convênios, Cursos, Economia, Educação, Evento, Governo, Habitação, Inclusão Social, Municípios, Rondônia, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe