Governo de Rondônia
Sexta, 20 de setembro de 2019

FINANCIAMENTO

Programa Nacional de Crédito Fundiário passa por restruturação e vai beneficiar mais famílias de Rondônia

27 de agosto de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

O programa pretende garantir a compra do imóvel rural por meio de financiamento

 

O Programa Nacional de Crédito Fundiário passa por reestruturação para reduzir a burocracia, destravar obstáculos e criar condições que garantam aos trabalhadores, através desta iniciativa, comprar imóvel rural por meio de financiamento ou use os recursos financiados para estruturação da propriedade e do projeto produtivo. Para Rondônia, estado com potencial para o agronegócio, a mudança abre espaço para que mais famílias sejam beneficiadas.

”A proposta do governo federal é tornar os caminhos mais curtos para os trabalhadores rurais, sem burocracias e dificuldade no período de negociação da terra”, explicou a coordenadora em Rondônia pela a Unidade Técnica Estadual (UTE), Fabiana Back Locks, executora do programa junto com a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri).

reunião com proponentes de Cadeias do Jamari

Ainda segundo a coordenadora, até julho de 2019, os trabalhos foram concentrados na avaliação de propriedades e vistoria social, agora o Departamento de Crédito Fundiário autorizou novas contratações até o final do ano ainda no formato atual, até o termino de sua modificação.

Podem ser beneficiários pessoas a partir de 16 anos, emancipado, com comprovação de atividade rural de 2 anos, ou estudante de escola agro técnica.  Até 65 anos, o prazo é maior, comprovação de 5 anos de atividade rural. O valor do financiamento por área é de até R$ 140 mil, incluindo as taxas, com 3 anos de carência e até 25 anos para pagar.

CONTRATAÇÃO

A previsão para este ano é contratação de 400 propostas. Apenas no município de Parecis existem 200 proponentes em uma única propriedade. Esse já sinaliza que será um projeto grande, talvez um dos maiores do País.

Cristiano Moreira, satisfeito próximo de realizar  seu sonho.

E mais municípios já demostraram interesse no acesso ao crédito. A coordenadora do Crédito Fundiário no Estado, Fabiana Back, recebeu recentemente um grupo de proponentes do município de Candeias do Jamari, que estão com suas propostas encaminhadas e buscavam acompanhar como estava o processo.

Fabiana esclareceu que as propostas que estão na Unidade Técnica Estadual foram encaminhadas para a Sedam onde passam por uma consulta ambiental para garantir que se tratam de projetos de desenvolvimentos que respeitam a legislação ambiental.

SATISFAÇÃO

Morador do município de Candeias do Jamari, Cristiano Moreira é um dos pretensos de uma área na BR- 364 e disse está ansioso para realizar o sonho ter sua terra e seu próprio negócio.

“Eu quero trabalhar por conta, plantar, criar meus animais, essa é uma oportunidade para quem não tem condições financeiras poder pagar parcelado e em muitas prestações”,disse Cristiano.

JOVENS

Um projeto que está sendo trabalhado, para ganhar mais força em Rondônia, é o Crédito Fundiário para os jovens. De acordo com o secretário de Agricultura de Rondônia, Evandro Padovani, a projeção para 2020 é fazer uma programação de atendimentos e palestras nas escolas agro técnicas. ”Faremos o fluxo inverso,  as ações se iniciarão durante o terceiro ano, para vamos criar mecanismos para facilitar, quando ele voltar já ir direto para a sua propriedade e colocar em prática tudo o que aprendeu no curso profissionalizante”, ressaltou Padovani,.

 

Leia mais:

Caravana do Leite pretende fomentar a produção em Rondônia


Fonte
Texto: Antonia Lima
Fotos: Antonia Lima
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Brasil, Governo, Habitação, Rondônia


Compartilhe