Governo de Rondônia
Quinta, 02 de abril de 2020

EDUCAÇÃO

Projeto Estudante Auditor apresenta relatórios de fiscalização em escolas estaduais

05 de março de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

O Projeto Estudante Auditor  transforma estudantes do 8º e 9º ano da rede estadual em auditores, que fiscalizaram e cuidaram da própria escola, verificando o que precisa ser melhorado. A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Roberto Duarte Pires, em Porto Velho, foi contemplada com a reunião que  aconteceu na última terça-feira (3), no auditório da escola, e contou com a participação do corpo docente, dos estudantes e representantes da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e da Controladoria Geral do Estado (CGE) para apresentação de relatórios das inspeções em 2019.

Os relatórios do Programa Estudante Auditor foram debatidos na Escola Roberto Duarte Pires

A ideia do projeto é que o aluno seja o protagonista principal para a mudança. Os alunos, juntamente com os professores, fiscalizam os ambientes da escola e montam um relatório com as necessidades para que o governo do Estado entre com as soluções.

O projeto Estudante Auditor teve inicio em fevereiro de 2019 com assinatura de um Termo de Cooperação entre a Seduc e a CGE, com validade de dois anos. Na primeira etapa oito escolas foram contempladas com o projeto: Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM-I), Daniel Nery, Murilo Braga, Flora Calheiros, Centro Educacional Maria de Nazaré, Eduardo Lima e Silva, Marechal Castelo Branco e Roberto Duarte Pires. Cada projeto é composto de 10 auditores em cada turma.

A fiscalização é feita por meio de relatórios. O professor que lidera a turma dos alunos participantes do projeto baixa o aplicativo ‘Monitorando a cidade’ e junto com os dez alunos fiscaliza a escola e anota as problemáticas e sugestões. Por isso, tantos os gestores, quanto os professores receberam capacitações.

A subgerente de Ensino Fundamental da Seduc, professora Mariy Kathia, explicou que “ao encerrarmos a fiscalização, o próximo passo é enviar os relatórios através do aplicativo de monitoramento, de forma que se levantar os principais pontos e gerar um debate a fim de encontrar as causas e as soluções”.

Segundo Kathia, os relatórios de cada escola estão disponíveis dentro do aplicativo, que fica sob a responsabilidade da CGE. Após isso, os relatórios foram repassados ao secretário de Estado da Educação de Rondônia, professor Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, e ao governo do Estado a fim de prover análises e mudanças, se for o caso. A expectativa é que 30 escolas da rede estadual possam ser contempladas com o projeto no corrente ano, sendo 20 no interior e 10 na capital.

Desde o último dia 3 estão ocorrendo reuniões nas unidades escolares onde as auditorias foram executadas, no ano passado, visto que a ideia é a de que até o dia 16 de maio serão entregues as sugestões de melhorias debatidas pelos alunos. Visto que podem utilizar o recurso do Programa de Financiamento às Escolas (Proafi) em serviços de pintura, consertos em banheiros, parte elétrica e outros que podem ser resolvidos de imediato pela escola.

O cronograma de reuniões está sendo cumprido desde a última segunda-feira (3) quando o CTPM-I e a Roberto Duarte Pires, sediaram o evento. No dia 4 ocorreram reuniões nas escolas Flora Calheiros Cotrin e Daniel Nery. No dia 5 foi a vez das escolas Eduardo Lima e Silva e Centro Educacional Maria Nazaré e nesta sexta-feira (6) serão concluídas as reuniões nas escolas Murilo Braga e Marechal Castelo Branco.


Fonte
Texto: Antônio Queiroz
Fotos: Walteir Costa
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Servidores


Compartilhe