Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

REUNIÃO

Propostas do setor da construção são debatidas em evento com representantes de Rondônia

19 de março de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Representantes da área da construção civil reuniram-se com parlamentares, em Brasília

Representantes da área da construção civil reuniram-se com parlamentares, em Brasília

No intuito de formular políticas públicas mais eficientes, que gerem incremento da produção nacional, aumento dos empregos, acesso a produtos e serviços; e melhoria das condições de vida da população, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) reuniu-se nessa quarta-feira (18) com parlamentares e membros dos Poderes Executivos estaduais e federais, em Brasília.

A reunião, denominada Brasil Eficiente, foi aberta pelo presidente da CBIC, José Carlos Martins, que fez um retrospecto dos investimentos no Brasil, desde a década de 1970. Segundo ele, o principal fator de redução dos investimentos do Produto Interno Bruto (PIB) em infraestrutura foi a não substituição dos investimentos públicos pelo do setor privado.

Martins também relatou que o pico de investimentos do PIB chegou a 2,45% no ano de 2013. Porém, com a expectativa de um novo ajuste fiscal é provável uma diminuição nos investimentos de infraestrutura. Para ele, o cenário ideal é de investimento acima de 3% do PIB, que manterá o País em crescimento. Já para alcançar o padrão de economias emergentes deve-se investir acima de 5% do Produto Interno Bruto.

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sinduscon-RO), Emerson Araújo, falou sobre a união dos sindicatos junto às empresas com o objetivo de superar o momento difícil que o País atravessa. “Estamos aqui em conjunto com vários sindicatos, bancada federal e empresas, num esforço conjunto, para atender às demandas em infraestrutura”, afirmou.

Maurílio Vasconcelos, presidente do Sinduscon de Porto Velho, destacou da importância da reunião, citando que a CBIC é  um órgão que faz ligação com o governo Federal “e nós dependemos desta performance da CBIC”. Ele ainda comentou o fato de o programa Minha Casa Minha Vida, que nasceu dentro da CBIC e foi bem acolhido pelo governo Federal, ter se transformado no programa de maior sucesso de habitação na história do País.

O governo de Rondônia tem sido destaque dentro do programa Minha Casa, Minha Vida por ter recebido, inicialmente, uma cota de pouco mais de 5,3 mil unidades habitacionais e em quatro anos assinou mais de 25 mil contratos.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Alex Nunes
Fotos: Alex Nunes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Habitação, Inclusão Social, Indústria, Infraestrutura, Legislação, Obras


Compartilhe