Governo de Rondônia
Sábado, 12 de junho de 2021

MONITORAMENTO

Rastreamento de viaturas por satélite será concluído em 2016

03 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Com o objetivo de orientar guarnições embarcadas, aumentar a capacidade de planejamento e aprimorar o controle de veículos pelas instituições, a Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) está  implantado o sistema de rastreamento de viaturas da polícia por satélite.

rastreamento via satélite (Orig)

A conclusão das implantações segue até 2016, quando 260 veículos locados devem receber o sistema de gestão de frotas e roteirização. 238 veículos de grande porte já utilizam o dispositivo operante desde fevereiro do ano passado.

Através do sistema controlado via satélite, todas as chamadas disparadas para o número 190 são direcionadas para o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP), que possui um programa de visualização em tempo real da localização dessas viaturas, e assim despacha o atendimento para aquela que estiver mais próximo do local solicitado.

Essa metodologia já é utilizada em algumas capitais do Brasil a exemplo de Manaus, Rio de Janeiro e São Paulo.

Tempo real

Para o gerente de Integração da Segurança Pública (GISP), Coronel PM José Hélio Cysneiros Pachá, a implantação do rastreamento representa a modernização tecnológica da Segurança Pública.  Ele classifica a tecnologia como um passo importante para dar mais transparência à atuação da polícia.

A partir desse sistema diz o militar, outras ferramentas podem ser adicionadas como câmeras acopladas no painel das viaturas possibilitando o monitoramento das abordagens.

“O uso desse dispositivo facilita o trabalho de visualização no local de quem está despachando, ou seja, ao invés de usar o rádio e perguntar qual é a viatura que está mais próxima naquele momento, o despachador olhando na tela vê qual guarnição está mais perto”, afirmou.

Outra vantagem esclareceu Pachá, sobre os veículos que dispõe de GPS é que eles podem auxiliar a guarnição na localização de endereços que estejam registrados no mapa na hora da ocorrência. O operador do CIOP também poderá usar o mesmo sistema para enviar comandos sem utilizar a rede rádio.

“Sabemos que pela rede rádio alguns infratores podem copiar nossas conversações e com esse sistema o despachador manda à mensagem a viatura mais próxima sem precisar falar. Então vai direto para a equipe que está sendo orientada pelo central de operações”, explicou.

Monitoramento

O sistema de rastreamento foi criado pela empresa Pósitron e integra um conjunto de tecnologias dividido em duas partes. Uma instalada dentro do veículo, e outra na Central de Rastreamento.

A conexão se dá entre as partes pela transmissão de dados por meio de GSM ( Sinal Celular) e pelo o Sistema de Posicionamento Global (GPS).

Para as viaturas operantes na área de fronteira além das duas tecnologias, foi acrescida uma terceira, a tecnologia satelital substitui de imediato a conexão de GPS e GSM caso ocorra qualquer queda de sinal.

Treinamento

Com o sistema em operação desde 2014, vários batalhões ao longo do eixo da BR 364 receberam treinamento sobre rastreamento das viaturas em serviço, na capital, oficiais comandantes e servidores do CIOP já participaram do curso, além de policiais do município de Guajará-Mirim.

De acordo com o Coronel Pachá, no mês de julho deste ano as unidades da região sul do Estado serão contempladas com a capacitação.

“Estamos conscientizando os policiais sobre a importância do uso desta ferramenta e ensinando como utilizá-la, objetivando aumentar à qualidade do planejamento e a verificação do que foi planejado e está sendo executado”, destacou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Márcia Martins
Fotos: Arte: Arian Oliveira
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo


Compartilhe