Governo de Rondônia
Terça, 11 de maio de 2021

HABITAÇÃO

Reunião busca antecipar ações para que desabrigados recebam moradias

08 de janeiro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Reunião Seas moradias para desabrigadosDemandas de moradias para famílias flageladas durante as enchentes de 2014 foram debatidas hoje (8) por representantes da Secretaria de Assistência Social (Seas), Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Porto Velho. O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif compareceu. O governador Confúcio Moura tem exigido a máxima atenção para a situação dos desabrigados e das famílias que moram em áreas de risco de enchente. “Este governo vem priorizando o atendimento às famílias atingidas pela grande cheia do Rio Madeira, ocorrida no ano passado, e prestando total assistência, através de benefícios como o auxilio aluguel, auxilio vida nova e moradias de interesse social para a população atingida”, informou o titular da Seas, Márcio Felix.

“Estamos agilizando as etapas de coleta de documentos, preenchimento de formulários e análise de cadastros para que as famílias que ficaram desabrigadas em consequência da enchente do Rio Madeira possam, o quanto antes, adquirir suas novas moradias em local seguro”, explicou Felix.

O secretário expôs ainda a preocupação do governo do estado e da prefeitura de Porto Velho em resolver essa problemática o mais breve possível, levando em consideração a época de chuvas o que leva ao aumento do nível das águas do Rio Madeira.

“Há cerca de 700 famílias da área urbana de Porto Velho que foram atingidas pela enchente. Essas famílias tem prioridade nas moradias de interesse social que estão sendo construídas na capital”, afirmou Mauro Nazif.

A Seas em parceria com a prefeitura montou os dossiês de 530 famílias de desabrigados, que ainda passarão por avaliação dos ministérios da Integração e das Cidades objetivando o atendimento das famílias através do empreendimento Orgulho do Madeira.

Participaram da reunião o secretário da Semur Edmilson Negreiros; secretário da Semas, Daniel Vieira; secretário da Sempla, Jorge Elarrat; assessores técnicos da Coordenação de Habitação da Seas; representantes da Caixa Econômica Federal e o procurador geral do município, Carlos Dobbis.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Luana Lopes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Habitação, Inclusão Social


Compartilhe