Governo de Rondônia
Domingo, 17 de novembro de 2019

OUTUBRO ROSA

Ribeirinhas são agendadas pela Seas para exames preventivos no Hospital de Amor, em Porto Velho

04 de outubro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Mulheres ribeirinhas destacaram a importância do agendamento para os exames preventivos aos cânceres de mama e colo uterino

Depois de discutirem o tema “Mulheres e o Desenvolvimento Socioambiental”, no IV Encontro promovido pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), de 4 a 6 de setembro, no distrito de Cujubim, no Baixo Madeira, região de Porto Velho, pelo menos 36 participantes do evento receberam nesta quinta-feira (3) atendimento especial durante a abertura da campanha Outubro Rosa do Hospital de Amor Amazônia.

A programação começou às 7h30, no porto Cai N’Água, com a recepção das ribeirinhas vindas de Cujubim Grande, Cujubizinho, Vila Nova de Teotônio, Tira-Fogo e São Miguel, que em seguida foram conduzidas em um micro-ônibus à unidade referência de tratamento de câncer em Rondônia, instalada na BR-364, entre Porto Velho e Candeias do Jamari. A adjunta da Seas, Liana Silva de Almeida Lima, representou a secretária Luana Rocha.

Durante toda a manhã, as ribeirinhas agendadas pela Seas, foram envolvidas em várias atividades, começando com um café da manhã, ao som da banda de música da Base Aérea, sob o comando do maestro suboficial George. Em seguida preencheram ficha para os exames de mamografia e papanicolau de prevenção aos cânceres de mama e do colo do útero, respectivamente. A programação incluiu também atendimento por acadêmicos do curso de estética de uma faculdade parceira e distribuição de panfletos com orientações sobre o Outubro Roxo de Prevenção à Sífilis.

De acordo com as enfermeiras e coordenadoras das ações de prevenção do hospital, Grace Kelly (colo do útero) e Handressa Furtado (mama), várias atividades serão desenvolvidas no decorrer de outubro voltadas às mulheres, com vistas à redução dos casos em Rondônia.

“Cuidar da saúde é fundamental, por isso considero este agendamento feito pela Seas muito importante, principalmente para nós que moramos em áreas de difícil acesso, onde as ações de prevenção são raras”, disse Amélia de Souza, de Cujubim Grande, mãe de dois filhos, acompanhada das vizinhas Geraldina Fernandes, 46 anos, mãe de cinco filhos; e Maria Alice, 45, mãe de seis filhos.

Adjunta da Seas, Liana Silva, representou a secretária Luana Rocha na recepção às ribeirinhas

Para Neider Oliveira, vice-presidente da Associação de Voluntários de Combate ao Câncer (AVCC), que integra as ações do Hospital de Amor Amazônia, o apoio da sociedade é um apelo que deve ser feito constantemente para ampliação das ações de apoio, principalmente aos pacientes que não residem e nem têm parentes na capital. “Para atender à demanda, realizamos várias ações durante o ano com o objetivo de arrecadarmos cestas básicas, roupas, kits de higiene dental, toalhas, entre outros para serem doados aos pacientes mais carentes financeiramente. E também promovemos ações nas casas dos pacientes mais debilitados”, revelou, agradecendo o incentivo da Seas e os demais órgãos parceiros da campanha de prevenção.

Dados da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) apontam que, com exceção do ano de 2017, houve pequena queda no número de casos de câncer de mama no estado, mas gradativa nas ocorrências de óbito, com 79 ocorrências em 2015 e em 2016, 82 em 2017, 70 em 2018 e 42 até setembro de 2019. Os municípios com maior índice de óbitos são Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Ariquemes.

Com relação aos óbitos provocados pelo câncer do colo uterino foram 50 em 2015, 60 em 2016, 58 em 2017, 55 em 2018 e 43 até setembro deste ano. Porto Velho, Ariquemes, Cacoal e Ji-Paraná são os que registraram o maior número de mortes.

Leia Mais:

 IV Encontro de Mulheres Ribeirinhas acontece esta semana no distrito de Cujubim

 Governo lança campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama e colo do útero


Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Arquivo\Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Evento, Governo, Inclusão Social, Municípios, Rondônia, Saúde


Compartilhe