Governo de Rondônia
Segunda, 08 de março de 2021

RONDÔNIA RURAL SHOW

Rodada de negócio em Ariquemes deve superar R$ 150 milhões em propostas de financiamento

23 de fevereiro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Rodada de negócios  em Ariquemes 23-02-2016

Expectativa é de que número de propostas em Ariquemes supere a primeira rodada, realizada em Jaru

A cidade de Ariquemes será palco nesta terça e quarta-feira (23 e 24) de uma das mais importantes e concorridas rodadas de negócios preparatórios para a 5ª Rondônia Rural Show, que deverá movimentar e reunir centenas de empresários, produtores rurais e instituições bancárias, com a expectativa de alinhar cerca de 200 propostas de financiamento para o agronegócio.

Em nome do Governo de Rondônia, técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) realizam trabalho de orientação aos produtores rurais, sobre a importância de se antecipar as providências de caráter burocrático junto a rede bancária, de modo que durante a feira essa etapa já tenha sido superada, possibilitando aos produtores e empresários do agronegócio, tempo e disponibilidade para vistoriarem e decidirem sobre os melhores equipamentos e insumos para suas respectivas áreas de produção.

Superando as expectativas da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), a rodada de negócio da região central (Jaru) foi um sucesso de público, com um total de 152 propostas de financiamentos concebidas, segundo informou o professor Kleber Rodrigues Pereira, da Supervisão do Escritório Regional da Emater em Ji-Paraná. A previsão é de que a rodada de negócios de Ariquemes supere esta marca, já que engloba todos os municípios da região Vale do Jamari, considerada uma das mais pujantes em projetos para agricultura, pecuária (carne e leite), piscicultura, grãos e exemplar no âmbito da agricultura familiar.

Segundo o titular da Seagri, Evandro Padovani, um outro fator importante para realização antecipada das rodadas de negócios é prazo de vigência para financiamento do plano safra 2015/2016 que expira já em junho, e que disponibiliza recursos com taxa de juros subsidiada (5,5%). Segundo ele, é preciso aproveitar as oportunidades disponíveis com o lastro de segurança do Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica (CEF) e Banco da Amazônia (Basa).

A afirmação do secretário justifica o sucesso dessas rodadas de negócios, já que a previsão é de que as taxas de juros que serão praticadas no plano safra 2016/2017 sejam maiores que as atuais, segundo informou José de Arimatéia, diretor técnico da Emater, que prevê para Ariquemes resultados superiores aos cerca de R$ R$ 150 milhões em negócios realizados em Jaru.

A rodada de negócios de Ariquemes pretende reunir todos os produtores rurais e empresários do agronegócio de todos os municípios da região do Vale do Jamari – Alto Paraíso, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo, Cujubim, Machadinho do Oeste, Monte Negro e Rio Crespo, além do populoso Município de Ariquemes, devendo também atrair outros interessados dos municípios de Itapuã do Oeste, Candeias e de Porto Velho.

Considerada uma das mais populosas do Estado de Rondônia, a região do Vale do Jamari, segundo dados da área de fronteiras do Governo Federal tem 230 mil habitantes, com 38% dessa população vivendo e produzindo no campo. De acordo com esses mesmos dados, são 16 mil famílias de agricultores familiares (assentados) que dependem dos incentivos oficiais.

Sete municípios de  Rondônia vão receber as rodadas de negociação que antecedem a Rondônia Rural Show

Sete municípios  de Rondônia vão receber as rodadas de negócios que antecedem a Rondônia Rural Show

Segundo o governador de Rondônia, Confúcio Moura, esses dados elevam ainda mais a responsabilidade de seu Governo, e por isso as iniciativas de apoiar a produção sustentável visam criar alternativas inovadoras de produção capaz de gerar renda e uma vida mais feliz para todas essas famílias.

O gerente do escritório regional da Emater na região  do Vale do Jamari, Aluízio Gonçalves  de Santiago, informou que o produtor que não puder comparecer a rodada de negócios, pode procurar um dos escritórios da Emater até junho e fazer suas propostas. “Essa é uma grande oportunidade para o produtor rural fazer seu empréstimo, Bancos, extencionistas e empresas no mesmo local para atender o homem do campo”, disse.

O gerente comercial da empresa Iveco, Douglas Ruthes, diz estar animado com a oportunidade de mostrar a nova linha de veículos leve que atende o homem do campo. “A expectativa é de 30 propostas durante as sete rodadas de negócios”, projeta.

O produtor de leite Antônio, acompanhado da esposa Ireni, disse que entrega diariamente para o laticínio 70 litros de leite e que um reservatório resfriador vai ajudar bastante no trabalho,  e que a rodada de negócios está facilitando as negociações. “Aqui remos a assistência técnica da Emater, o banco para fazer o empréstimo e a empresa expondo o equipamento”.
Para  produto de café  do município de Alto Paraíso, Marcos alves, o momento é oportuno para  adquirir o tão sonhado micro-trator. “Quero otimizar o tempo para produzir mais”, explica.

Obedecendo a programação da Secretaria da Agricultura, as próximas rodadas de negócios estão marcadas para os dias 26 e 27 próximos em Nova Mamoré; dias 1º e 2 de março em São Miguel do Guaporé; 4 e 5 em Rolim de Moura; 9 e 10 em Cacoal, e dias 11 e 12 de março em Colorado do Oeste, fechando o ciclo de rodadas de negócios para a 5º Rondônia Rural Show.

Saiba mais:
Rodadas de negócios antecipam operações bancárias da Rondônia Rural Show
Salas temáticas da carne, leite e café serão inovação na 5ª Rondônia Rural Show


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira e Suely David
Fotos: Suely David
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Economia, Evento, Governo, Piscicultura, Rondônia


Compartilhe