Governo de Rondônia
Quinta, 25 de abril de 2019

AGRONEGÓCIO

Rodadas de negócios antecedem a 8ª Rondônia Rural Show e facilitam financiamentos para os produtores em Rondônia

28 de março de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

A Rondônia Rural Show tem busca fomentar o crescimento do setor agropecuário

 

Após sete edições da maior feira de agronegócio da Região Norte, a 8ª Rondônia Rural Show promete maior consolidação do potencial produtor do Estado e progressão da economia por meio dos negócios realizados. Expositores, indústrias e visitantes se reunirão durante quatro dias, no Parque Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, de 22 a 25 de maio, com incorporação da 2ª Feira do Agronegócio do Leite (Rondoleite). Mais de 100 mil pessoas devem comparecer nesta edição, que proporcionará grandes oportunidades de inovação, tecnologia e negócios sobre a produção no campo, com expectativa de mais de R$ 700 milhões comercializados no Estado, com a proximidade dos maiores produtores do agronegócio distribuídos em uma área com 50 hectares.

Segundo a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), o Governo do Estado disponibilizará um ônibus por município para levar os produtores, principalmente da agricultura familiar e assentamentos, para participação e obtenção de conhecimento de tecnologia. Mais de 500 expositores participarão da feira e o espaço disponibilizado para a exposição não tem custo. Uma área com mais de 90 agroindústrias familiares de todo o Estado permitirá a comercialização de produtos aprovados por critérios de qualidade. Mais de 99 postos de artesanatos apresentarão produtos do Estado e países vizinhos. Outro espaço, para o comércio nacional e internacional, será desenvolvido pela Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), atraindo as indústrias para expor os produtos regionais e internacionais e promovendo um intercâmbio comercial com representantes das embaixadas localizadas no Brasil.

“Os países vizinhos, por exemplo a Bolívia. Há uma tratativa com a Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Sefin (Secretária de Finanças de Rondônia), Exército e Marinha, para colocar uma “duana” provisória (alfândega) em Costa Marques, devido às caravanas de produtores bolivianos que vem ao país comprar produtos na Feira”, afirmou Evandro Padovani, secretário da Seagri, pois o Estado ainda não tem uma alfândega definitiva neste município e pretende facilitar com antecedência a viabilização do comércio.

Rondônia Rural Show contará com estrutura para receber mais de 100 mil pessoas

As rodadas de negócios que antecedem a feira iniciaram em alguns municípios e já resultaram em financiamentos de quase R$ 30 milhões. Com o objetivo de divulgar a Rondônia Rural Show e proporcionar possibilidades de aquisições, o total de sete rodadas devem acontecer ainda em Costa Marques, Rolim de Moura, Machadinho D’Oeste e Porto Velho, onde os produtores do Estado encaminharão propostas de financiamento e renovação de cadastros junto aos bancos oficiais. “Os produtores vem, os bancos financiam, e a Emater (Assistência Técnica e Extensão Rural) cadastra. Isso faz parte do montante da Feira”, explicou o secretário. A Seagri conta com um comitê de crédito que analisa as propostas junto aos banco, acompanhando o encaminhamento e protocolo, liberação e impedimentos, buscando saber como facilitar por meio do Estado o acesso ao crédito e ajudar o produtor a realizar seu sonho.

Em fase de finalização da programação, a Secretaria destaca na exposição: máquinas e implementos agrícolas, caminhões, veículos, produtos agropecuários e da agroindústria, artesanato e agroindústria familiar; na piscicultura: tanque escavado, sistema integrado, tanque rede, vitrine tecnológica e modelo de sistema sustentável; na pecuária: Rondoleite, mostra de gado leiteiro, palestras sobre caracterização racial, mostra de gado de corte, shopping pró-genética e nutrição animal; e tecnologia com sustentabilidade: vitrine ecológica, abacaxi, arroz, banana, cacau, café clonal, essências florestais, eucalipto, hortaliças, maracujá, milho, soja e sorgo, exposição de técnicas de cultivo e colheita, produção com proteção e preservação dos recursos naturais e sustentabilidade socioambiental, recomposição de matas ciliares, políticas públicas e agroecologia. Além das linhas de crédito, com taxas especiais para compras durante o evento.

A Rondônia Rural Show tem como propósito o crescimento do setor agropecuário, com a experiência de interação de especialistas, pesquisadores, indústrias e produtores que movimentam a economia na região e desenvolvimento do Estado.

LEIA MAIS:

 Cacoal movimenta negócios para Rondônia Rural Show

 Empresários de todo Brasil estarão na 8ª Rondônia Rural Show

 Parque Tecnológico será reestruturado para realização da 8ª Rondônia Rural Show, em maio, em Ji-Paraná

 Inscrições para artesãos comercializarem produtos na 8ª Rondônia Rural Show encerra dia 29 de abril

 Vitrine Tecnológica começa a ser preparada para realização da 8ª Rondônia Rural Show, em maio, em Ji-Paraná

 8ª Rondônia Rural Show pretende incentivar a tecnologia no campo para aumentar a produtividade

 Regularização Fundiária é um dos focos da 8ª Rondônia Rural Show em Ji-Paraná

 Rondônia Rural Show poderá movimentar mais de R$700 milhões de reais em negócios na próxima edição

 Fortalecimento no setor produtivo de Rondônia atrai atenção do Acre e governador convida Estado vizinho a participar da Rural Show


Fonte
Texto: Gaia Bentes
Fotos: Frank Néry e Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Brasil, Cultura, Economia, Evento, Governo, Indústria, Infraestrutura, Municípios, Piscicultura, Rondônia, Rondônia Rural Show, Serviço, Terceiro Setor, Turismo


Compartilhe