Governo de Rondônia
Sábado, 26 de setembro de 2020

AVALIAÇÃO POR ESTADO

Rondônia atinge nível alto e chega à 4ª posição no ranking nacional de transparência com informações sobre a Covid-19

25 de abril de 2020 | Governo do Estado de Rondônia

A rápida resposta do governo de Rondônia na informação exata com detalhamentos relativos à pandemia do coronavírus fez o Estado alavancar e atingir o nível alto com parâmetros de qualidade de dados de casos suspeitos e confirmados diariamente, ocupando a 4ª posição no ranking nacional do Índice de Transparência da Covid-19, uma iniciativa da Open Knowledge Brasil (OKBR) que avalia a qualidade dos dados e informações que têm sido publicados pela União e pelos estados brasileiros em seus portais oficiais.

Desde as primeiras ações desenvolvidas no combate ao coronavírus, o Governo do Estado tomou a iniciativa de melhor levar informações com a preocupação para que não pairassem dúvidas e, principalmente, sendo um elo com a sociedade sobre dados precisos e confiáveis, ou seja, evitando que a população fosse “contaminada” por fakes news (falsas notícias). Para tanto, foi disponibilizado aos cidadãos rondonienses todas as informações sobre a evolução da Covid-19 em todo Estado, bem como notícias diárias envolvendo medidas de enfrentamento ao coronavírus.

O governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, desde que a pandemia atingiu o Estado, manteve a preocupação de aumentar as informações para a população. Mediante essa determinação, além do Portal do Governo, foi lançado o Portal Coronavírus (www.coronavirus.ro.gov.br ) e vinculado a este, foi desenvolvido o Painel Covid-19 Rondônia (http://covid19.sesau.ro.gov.br). O chefe do Executivo Estadual define as ações que estão sendo feitas com sabedoria e muito cuidado para poder vencer a Covid-19.

Gráfico destaca estados no ranking do Índice de Transparência e Rondônia saltou para 4ª posição

“Rondônia hoje está na 4ª posição no portal de transparência, lembrando que até semana passada estávamos nas últimas posições, uma vez que não se tinha ainda levantado  tudo que o Estado estava fazendo no combate à Covid-19. Então, em uma semana, pulamos das últimas posições para a 4ª colocação no ranking de transparência. Não tenho dúvida que o Estado de Rondônia vai chegar a alcançar o primeiro lugar uma vez que primamos para que as ações sejam pontuais, quer seja na aquisição de equipamentos ou aquisição de insumos, bem como em mais informações que possam deixar a população sempre atualizada”, pontuou o governador, lembrando também que o governo já havia comprado antecipadamente os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s ) ainda em fevereiro, logo após uma reunião com o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, para avaliação da pandemia, que já estava atingindo vários países, e foram antecipadas as ações.

Hoje, o portal do Governo do Estado publica constantemente boletins que vão ao encontro da transparência, com informações sobre a Covid-19, apresentando um mapa, onde e em que intensidade o vírus foi detectado em pacientes. Também há uma tabela que possibilita o acompanhamento por município. Outra novidade acrescentada e que pode ser considerada a mais importante, foi o gráfico interativo de evolução dos casos, onde a população pode ter uma ideia das idades e gêneros que a Covid-19 está afetando em todo Estado. Para isso, esse gráfico demonstra que todos devem ter cuidado, pois atualmente a faixa etária mais atingida é de 30 a 39 anos, e de 20 a 29 anos.

Outra medida também adotada nas informações sobre a Covid-19 é quanto à tela de evolução estatística que apresenta graficamente como está sendo a evolução dos casos, desde quando surgiu o primeiro confirmado, tanto em nível de Estado, quanto em nível de municípios já afetados. Somado às ações, há o Painel Interativo com dados que podem ser baixados em formatos de tabela ou PDF, para que sejam utilizados por outras entidades se necessário. Quando baixadas, as tabelas apresentam dados mais completos ainda, efetivando a transparência necessária. Esse painel foi construído, sendo constantemente atualizado e melhorado pela equipe da Coordenação de Tecnologia da Informação da Secretaria de Estado da Saúde (CTI-SESAU) em parceria com o Sala de Situação Integrada.

Conforme definido pela Open Knowledge Brasil (OKBR), além de contribuir para o aprimoramento dos dados e informações sobre a pandemia no Brasil, o Índice de Transparência da Covid-19 busca o compartilhamento de métodos de coleta e disponibilização desses dados, que têm sido empregados por gestores públicos de todo o país. Por essa razão, o Índice não deve ser interpretado como uma competição entre entes, mas como um esforço coletivo de combate ao coronavírus por meio da produção e disponibilização de informações oficiais mais íntegras.

 

Governo de Rondônia tem priorizado maior volume de informações diárias sobre o combate ao coronavírus

 

Na nota metodológica do Índice de Transparência da Covid-19, fica determinante a proposta da  Open Knowledge Brasil (OKBR),  em que a principal contribuição do Índice é apontar caminhos viáveis para que as secretarias estaduais e o Governo Federal aprimorem a divulgação dos dados, por meio da publicação padronizada de um conjunto mínimo de informações que, no contexto atual, esses dados podem ser determinantes, não apenas para o exercício do controle social, mas para aperfeiçoar políticas que vão salvar vidas.

No ranking nacional de transparência com informações sobre a Covid-19, Rondônia se encontra atualmente em 4º lugar, com 90 pontos alcançados, sendo o único da região Norte a alcançar o nível de alto índice, atrás de Pernambuco (1º), Ceará (2º) e Espírito Santo (3º). Como já mencionado pelo governador Marcos Rocha, Rondônia passou a ser destaque por ter implementado um painel que levou a um expressivo salto na pontuação: de 43, considerado um nível médio de transparência, Rondônia passou a 90 pontos, entrando na pontuação dos estados, com nível mais alto de disponibilização de informações.

“Estamos na questão da locação de um hospital e em último caso, se necessário, estaremos também alugando a estrutura de um hospital de campanha. Contratamos pessoas para poderem atuar na saúde. Enfim, todas as ações estão sendo feitas com muita sabedoria e muito cuidado para poder vencer a Covid-19 e eu tenho certeza que Deus está abençoando nosso Estado e vai continuar abençoando e poderemos então passar por essa crise sem grandes danos para nossa população”, esclareceu o governador Marcos Rocha.

O governador argumentou que essa transparência de iniciativa da Open Knowledge Brasil, refere-se às ações desenvolvidas pelo Estado quanto ao combate à Covid-19, mas detalhou que o governo de Rondônia tem demonstrado transparência em todas as ações desenvolvida, tendo como honra o anunciado pelo Tribunal de Contas que colocou o atual governo com 100% de transparência. “Sempre iremos caminhar nessa linha. E não podemos deixar de citar que estamos seguindo o protocolo da transparência internacional. Recentemente, o controlador Geral do Estado, Francisco Netto, participou de um evento fora do país e adquiriu uma série de requisitos para que possamos manter essa transparência. Um dos requisitos do protocolo internacional é para que todas as reuniões sejam gravadas, bem como outras medidas que atendam à transparência e tudo tem sido feito para que possamos sempre ter seriedade no nosso Estado”, finalizou Marcos Rocha.

Leia Mais:

 Governo estuda a ampliação de leitos de UTI e clínicos para pacientes da Covid-19 em Rondônia

 Sistema de Comando de Incidentes para enfrentamento da Covid-19 em Rondônia alinha transparência de dados com CGE


Mais Notícias
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Ricardo Leal
Fotos: Arquivo Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Sociedade


Compartilhe