Governo de Rondônia
Segunda, 24 de setembro de 2018

AGRONEGÓCIO

“Rondônia Rural Show fortalece a consciência ambiental”, diz governador Daniel Pereira

28 de maio de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Daniel Pereira transferiu a sede administrativa do governo para Ji-Paraná, onde acontece a 7ª edição da Rondônia Rural Show

“Não há como prever o futuro da Rondônia Rural Show. Mas é certo que ainda temos que melhorar a estrutura”, avaliou o governador Daniel Pereira sobre a maior feira de agronegócios da região, que acontece anualmente no município de Ji-Paraná. Ele considera que este lugar, onde a mais inovadora tecnologia é apresentada ao setor produtivo, é propício para fortalecer o compromisso com o respeito ambiental, que faz bem à vida e aos empreendimentos.

Daniel Pereira sabe que os países consumidores são exigentes em relação ao que compram. “Portanto, não respeitar o ambiente é causar mal à vida e os negócios. Temos, portanto, que estar atentos ao mundo, porque não produzimos somente para nós, e sim para o planeta”, advertiu.

O governador esteve durante toda a feira em Ji-Paraná, para onde transferiu até sábado (26) a sede administrativa do estado. Ele tem percorrido os estandes, conversado com expositores e aproveitado para firmar laços comerciais com delegações de vários países que estão presentes na 7ª Rondônia Rural Show.

A pavimentação dos acessos ao Centro Tecnológico Vandeci Rack, onde ocorre a feira, é uma das medidas que, segundo o governador, precisam ser tomadas. Para a melhoria da parte interna, uma indústria sul-coreana trouxe tecnologia que torna a pavimentação mais barata e de melhor qualidade.

O fato de já estar incluída ente as 10 maiores feiras do ramo no Brasil, em apenas seis anos, não foi obstáculo para que outros eventos com as mesmas características fossem criados. O Portal do Negócio, em Vilhena, que vai para a 3ª edição, e a Porto Agro, em Poro Velho, são exemplos apontados pelo governador exemplos da força da Rondônia Rural Show. “Aqui inauguramos uma nova forma de enfrentar velhos problemas, de como nos tornar mais produtivos, melhorar qualidade e ganhar mais dinheiro, independente do tamanho da propriedade”, acrescenta.

Estandes espalhados pela feira mostram a força do agronegócio no estado

Ao analisar a grandeza da Rondônia Rural Show, o governador cita as origens do evento para detalhar que tudo começou com um espaço para fortalecer a agricultura familiar. “Hoje, a feira é um ambiente de todos os segmentos. Além do agronegócio, também faz bem ao comércio e a indústria”, explica.

IDEALIZADOR

O idealizador da feira não é esquecido: o ex-governador Confúcio Moura. “Ele, provavelmente, não imaginou tanto sucesso, mas, certamente, pensou em realizar uma obra importante para a agricultura familiar.

Se não vislumbra como será a Rondônia Rural Show o futuro, Daniel Pereira tem certeza de que o estado será mais organizado a partir de iniciativas do governo. “Estamos desenvolvimento meios para formar 2.200 técnicos em cooperativismo e pretendemos fazer intercâmbio deles com quatro grandes cooperativas do país”, revela.

O conhecimento adquirido potencializará as riquezas, na avaliação do governador, como ocorre em estados que contribuíram para habitar o estado, como Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais E Espírito Santo. “Nestas regiões, a capacidade de organização é muito grande”, admite.

A qualificação inclui uma geração de indígenas para. “Eles vão decidirem o que é melhor para as comunidade eles. Estão sendo preparados tecnicamente para serem médicos, veterinários, engenheiros civis, engenheiros ambientais e atuar com seus povos”, afirmou.

Veja mais sobre a 7ª RRS


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Daiane Mendonça e Jeferson Mota
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Brasil, Ecologia, Economia, Evento, Governo, Meio Ambiente, Municípios, Rondônia, Rondônia Rural Show, Tecnologia, Turismo


Compartilhe