Governo de Rondônia
Terça, 17 de setembro de 2019

AGRONEGÓCIO

Rondônia Rural Show poderá movimentar mais de R$700 milhões de reais em negócios na próxima edição

22 de janeiro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Faltam menos de quatro meses para a realização da oitava edição da Rondônia Rural Show, a maior feira de tecnologias e agronegócios da Região Norte, a ser realizada no período de 22 a 25 de maio. Com uma expectativa de participação de mais de cem mil pessoas durante os quatro dias de evento, a RR Show poderá movimentar mais de R$700 milhões de reais em atividades ligadas ao agronegócio.

Organização da RR Show prepara o espaço para recepcionar público e expositores

Este ano, o Governo de Rondônia estará convidando a todos os estados da Região Norte, a exemplo do Acre, que confirmou participação em um estande, quando foi feito o convite pelo secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani, na última semana, durante a visita do governador Gladson Cameli a Rondônia. Padovani fala com otimismo da feira, citando ser a oitava no país em comercialização e que já figura no calendário nacional. “A RR Show vem se consolidando ano a ano e já faz parte da programação das feiras nacionais”, disse.

De acordo com o coordenador da RR Show na Seagri, engenheiro agrônomo José Paulo Gonçalves, no momento a equipe está trabalhando na elaboração dos editais para implantação da infraestrutura no Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, como os termos de referência para colocação de tendas, estandes e móveis nos espaços que serão ocupados pelos órgãos oficiais e gabinetes de governança. “Este ano estará conosco também o Instituto de Identificação emitindo Carteiras de Identidade”, informou.

Segundo ele, os expositores já começam a confirmar a presença ao evento. Serão cerca de 250 empresas dos mais variados segmentos empresariais do ramo do agronegócio que comercializam equipamentos, insumos, sementes e máquinas, além de outros 120 expositores de artesanato e agroindústrias, informa José Paulo, destacando que a demanda de participantes ano a ano é sempre crescente. Incluem-se aos participantes, os órgãos de pesquisa e fomento, e bancos oficiais de crédito. “Essa semana, por exemplo, tratamos sobre a participação da Superintendência de Juventude e Cultura (Sejucel), que vai coordenar a presença dos artesãos rondonienses que confeccionam produtos variados”.

Secretário Padovani visita secretários e encaminha convites oficiais

O secretário Padovani também já está visitando os secretários estaduais para levar o convite oficial e confirmar a presença dos vários segmentos no evento. “Na semana passada, por exemplo, visitamos a primeira-dama, Luana Rocha, quando mostramos o potencial da RR Show também como espaço para mostrar as atividades da área social”, disse o secretário.

De acordo com José Paulo, também são aguardadas delegações estrangeiras que participam da RR Show. Essa atividade é coordenada pela Superintendência de Desenvolvimento Industrial (Sedi), que convida e acompanha as delegações durante o evento.

Paralela à RR Show, estará acontecendo este ano a II edição da Rondoleite, que apresenta inovações para a melhoria da produção e qualidade do leite, custeada pelo Fundo de Investimento ao Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira (Pró Leite), que levou mais de mil produtores do segmento em sua primeira edição em Ji-Paraná. Durante o evento, serão expostos cerca de 200 animais de linhagem e padrão genético apurados, tanto de leite, como de corte, como também haverá um auditório para abrigar 300 pessoas na realização de palestras técnicas focadas ao agronegócio pelos órgãos parceiros.

VITRINES TECNOLÓGICAS

O Centro Tecnológico Vandeci Rack, conta com 50 hectares, dos quais, quatorze são ocupados pelas empresas que desenvolvem as vitrines tecnológicas para demonstração aos produtores. Assim, durante o ano, empresas como a Embrapa, São Lucas, Florasetec, que desenvolve projetos de floresta plantada, trabalham no espaço para que durante a RR Show as culturas demonstrativas estejam prontas para a difusão das informações técnicas.

A Seagri está licitando o transporte de produtores. Serão cerca de dois ônibus por município para o deslocamento de aproximadamente quatro mil produtores rurais e esse trabalho é feito em parceria com a Emater-RO. Ao chegar à feira, os produtores recebem a programação das palestras técnicas e das visitas acompanhadas às vitrines tecnológicas – unidades demonstrativas de plantio e principais tratos culturais de lavouras e alimentação animal.

José Paulo também anuncia a ampliação da praça de alimentação, informando que será lançado edital para chamamento público destinado à participação de restaurantes interessados em fornecer alimentação, porém, segundo ele, será mantido o fornecimento de alimentação por parte da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), que é uma colaboração social da RR Show para aquele segmento.

RODADAS DE NEGÓCIOS

Serão seis ou sete as rodadas de negócios – eventos antecipados realizados em municípios estratégicos e coordenados pela Emater-RO, que convida empresas do ramo agropecuário e bancos interessados para a formulação prévia de propostas de venda de insumos e equipamentos que são confirmados durante a feira.

Leia mais:

 Fortalecimento no setor produtivo de Rondônia atrai atenção do Acre e governador convida Estado vizinho a participar da Rural Show


Fonte
Texto: Mirian Franco
Fotos: Ésio Mendes - Rinkon Martins
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Assistência Social, Brasil, Cerimônia, Cultura, Ecologia, Economia, Educação, Empresas, Evento, Fundo Proleite, Governo, Habitação, Inclusão Social, Indústria, Meio Ambiente, Municípios, Piscicultura, Rondônia, Rondônia Rural Show, Servidores, Sociedade, Terceiro Setor, Turismo


Compartilhe